terça-feira, Junho 30, 2009

POSIÇÃO OFICIAL DA SFLC SOBRE O MONO

Indo ao encontro da posição de Stallman, a Software Freedom Law Center também veio com a sua posição oficial apoiar o que RMS já tinha dito.
Um presente envenenado, trazido por Miguel de Icaza e quejandos, para o mundo do Software Livre.

"Finally, I close with the advice that I and my colleagues at SFLC constantly give Free Software projects: don't be paralyzed with fear over software patents. There are likely some USA patents that read on any software you write. Make good choices (like avoiding C#, as RMS suggests, and favoring languages like Perl, Python, PHP and C), and get on with your work. If, as a non-profit Free Software developer, someone writes you a threatening letter about patents or sues you for patent infringement, write to <help@softwarefreedom.org>; that's what SFLC is there for."

Leia o texto com atenção.


ACER ONE 8.9" A110-A A 99€!

Ora vejam lá que maravilha!
Claro que para este preço teria que vir acompanhado com um "Linux"!
Lastimo imenso informar um característico comentador que este modelo está mesmo no top de vendas. Aliás, o eeePC também estava, encontrando-se mesmo esgotados nalgumas grandes lojas online, quando começaram a aparecer as primeiras bocas que "ah! e tal, ninguém os quer..." tal como aconteceu com a loja online da ASUS na Grã-Bretanha onde se encontravam esgotados na altura em que informaram que não venderiam mais ASUS com "LINUX" porque ninguém os queria!

Lido no meu companheiro de francesinhas no Bar deste grande Homem a quem presto aqui a minha homenagem através de um post do babado filho Luís M. Silva (follow the link, please) que de vez em quando também faz uma perninha nesse belo petisco. Pena tenho eu de ainda não ter tido a possibilidade de os acompanhar num sushi...


GOLPE DO BAÚ

Eis mais um grande negócio da M$.

"Pelo caminho, foi pública a polémica por causa da impossibilidade de fazer pesquisas e consultas no Portal, apesar do custo irrisório dessa função, ou a necessidade de criar um regime excepcional, por causa dos concursos que iriam ser lançados, por exemplo, pela Parque Escolar. A Microsoft cobrou mais de 20 mil euros para fazer esta alteração."

Ora vejam lá quanto custou a mesma coisa feita pelo transparência.pt!

A cereja em cima do bolo:
"A Microsoft era consultora do Ministério das Obras Públicas e colaborou com a secretaria de Estado na preparação das portarias (!!!!! - nota do editor) que vieram regulamentar o Código - e acabou por ver ser-lhe adjudicada a elaboração de um serviço para o qual foi consultora, ao arrepio das recomendações legais."

VALE TUDO!

(EDIT) - faltou-me dizer onde li esta trapalhada. Por acaso até nem foi em nenhum blog mas sim na fantástica mailing list do Planet Geek!

PS: Fiquei siderado com esta notícia do Público. Que bicho lhes terá mordido para escarrapachar o nome da Microsoft desta forma!?



domingo, Junho 28, 2009

PENSAMENTO DE FIM-DE-SEMANA

We’ve got a basic version, which is going to cost $129. We’ve got a Premium version, which is gonna cost $129. We’ve got a business version, $129. We’ve got an enterprise version, $129. And we’ve got the ultimate version, we’re throwing everything into it, it’s $129. We think most people will buy the ultimate version.

Steve Jobs

A GENIALIDADE DE MICHAEL JACKSON

Muito se tem discutido pelas bandas do bitaites acerca de Michael Jackson. Sinceramente, eu nunca o achei um génio nem tampouco perto de tal assumpção.
Ora, como é lógico falava sobre a música já que agora fui obrigado a mudar de posição e de considerar que, afinal Michael Jackson se não foi um génio poderia estar lá perto. Só que na nobre arte da sapataria!

Para todos a quem assaltar a dúvida queiram sff. dar uma volta pelo fantástico mundo das patentes dos EUA, por exemplo por aqui.

Exactamente - um sapato que criava uma ilusão anti-gravitacional!

Ah!, MJJ, grande sapateiro me saíste!

Lido inicialmente aqui.

Why free software shouldn't depend on Mono or C#

"by Richard M. Stallman

Debian's decision to include Mono in the default installation, for the sake of Tomboy which is an application written in C#, leads the community in a risky direction. It is dangerous to depend on C#, so we need to discourage its use.

The problem is not unique to Mono; any free implementation of C# would raise the same issue. The danger is that Microsoft is probably planning to force all free C# implementations underground some day using software patents. (See http://swpat.org and http://progfree.org.) This is a serious danger, and only fools would ignore it until the day it actually happens. We need to take precautions now to protect ourselves from this future danger.

This is not to say that implementing C# is a bad thing. Free C# implementations permit users to run their C# programs on free platforms, which is good. (The GNU Project has an implementation of C# also, called Portable.NET.) Ideally we want to provide free implementations for all languages that programmers have used.

The problem is not in the C# implementations, but rather in Tomboy and other applications written in C#. If we lose the use of C#, we will lose them too. That doesn't make them unethical, but it means that writing them and using them is taking a gratuitous risk.

We should systematically arrange to depend on the free C# implementations as little as possible. In other words, we should discourage people from writing programs in C#. Therefore, we should not include C# implementations in the default installation of GNU/Linux distributions, and we should distribute and recommend non-C# applications rather than comparable C# applications whenever possible."

Link: Free Software Foundation

Mais nada!



domingo, Junho 14, 2009

SOFTWARE LIVRE NÃO TRAZ ALGEMAS

Uma das grandes vantagens do Software Livre é precisamente o facto de qualquer poder pegar em determinado programa e fazer dele o que muito bem entender.
- É possível melhorar e distribuir com um novo nome?
- E no caso de um projecto que tenha sido abandonado posso pegar nele, fazer uma cópia e continuar com o seu desenvolvimento para não prejudicar a comunidade de utilizadores?
- Posso cortá-lo aos bocados aproveitando apenas a parte que me interessa a mim ou à minha profissão?
- Em resumo, posso fazer desse software tudo o quiser e principalmente sem pagar nada por isso?

Para todas estas questões a resposta é simples - SIM. Nada de "talvez", provavelmente terás que pedir a autorização a alguém ou ainda "penso que terás que pagar algum tipo de licença para isso". Nada disso, apenas um simples e efectivo SIM!
Como é óbvio, quando falo de Software Livre quero referir efectivamente o que é realmente Livre já que existem por aí outras licenças que apesar de terem Livre no nome não são mais que moradias com grades nas janelas.

Por exemplo:
- Calcule que andou durante anos a confiar num programa todo catita que lhe geria as suas finanças. Esse programa era proprietário e o formato de ficheiros não era compatível com coisa nenhuma ou seja, estava completamente dependente desta forma de escravidão. Porém, como a companhia que fabricava esse programa tem um nome que faz estender uma passadeira vermelha e ser atendido pessoalmente pelo primeiro-ministro/presidente de qualquer país do mundo, nunca lhe passaria pela tola que um belo dia todo esse investimento iria por água abaixo, pois não?
Claro que não!
E como é que isso aconteceu?
Porque houve um terramoto?
Essa grande empresa faliu?
Não, unica e simplesmente essa grande empresa decidiu que esse produto não merecia "viver" e vai daí "matou-o". Unilateralmente!
E agora?
Bem, agora só lhe falta apontar - porque carga de água confiou num programa proprietário e ainda por cima incompatível com tudo e mais alguma coisa existente!?

Agora, a partir deste exemplo porque não investir um pouco de tempo, nada de dinheiro, num programa que lhe possa tratar do seu dinheiro, baseado numa plataforma Livre e Aberta?
Por exemplo, tem o GNU Cash para esse efeito, uma óptima alternativa para substituir o Intuit Quicken.
Porque não o faz já hoje!?

Ah!, diacho, só falei no Quicken não foi?
Bolas, será que estou esquecido de um outro que andava por aí e que, segundo os habituais fanáticos, era uma maravilha deste mundo e arredores?
Deixa lá ver...
Eureka(!), já sei. Claro que não falei do M$ Money porque já está morto!
Caso tenha escolhido o falecido para tratar das suas finanças queira fazer o favor de pensar bem antes de fazer outra asneirada.
Ora, através deste infeliz exemplo do M$ Money, não enveredar em asneirada é seguir o caminho do Software Livre e optar pelo Cash ou outro de igual natureza.

Muitas das vezes a propaganda leva-o a pensar que o Software Livre não lhe oferece a segurança de uma enorme companhia mas como pode verificar tal não passa de pura e enganosa propaganda. Na realidade o que essas grandes/enormes companhias do software proprietário querem é apenas o vosso dinheiro e caso não vejam que o negócio é rentável "matam-no" numa resolução unilateral. E quando falo de rentável não é que esse produto esteja a dar prejuízo já que no caso da M$ um produto não rentável é aquele que dá um lucro inferior a 70%! (*)
Portanto, tome nota disto e pense bem quando ouvir uma empresa do género dizer - "estamos a trabalhar para o bem dos nossos utilizadores"
O tanas!

Seja para o que for, pense que existe sempre uma alternativa mesmo que essa alternativa o obrigue a perder algum tempo a quebrar com os vícios do "proprietário". Investir um pouco de tempo não é melhor do que ficar apeado?
Já nem falo nos €, depois de religiosamente ter investido num programa e novas versões do mesmo a um preço de ouro...

Mesmo que use um sistema operativo proprietário, com a exclusão do "cegueta" já que esse nem um aborto de SO se pode apelidar para além de também ter a sua sentença de morte anunciada pelo monopólio, procure sempre optar por Software Livre e Aberto. Não se preocupe com uma possível acusação de pirataria, não investe fortunas para fazer umas contas ou escrever um texto e nunca ficará sujeito ao capricho de uma empresa que dispõe dos fiéis utilizadores à sua excelsa vontade.

Como nota final, agradeço o favor a algum distraído leitor que por cá pare, de não vir para aqui perguntar qual o programa alternativo para um outro proprietário. Existe uma ferramenta Livre que pode usar e que se chama - GOOGLE. Lembre-se que a procura e experimentação fazem parte do processo de aprendizagem e é óptimo para se libertar dessa letargia...
Ah!, e também podem passar pelo PROGRAMAS LIVRES.


(*) - Com a notável excepção da XBox!
Encarta e Flight Simulator também seguiram pelo mesmo caminho. Segundo os responsáveis, não teve nada a ver com problemas nos lucros mas sim de uma resolução interna. Pois...

quinta-feira, Junho 11, 2009

ESTA GAJA É QUE NÃO É DESTE SÉCULO!

Dizia a Ministra da Cultura e Comunicações francês que quem pensa que uma internet livre de policiamento e onde qualquer coisa pode passar está no século errado!
HADOPI, a recente Lei chumbada como anti-constituicional, é uma Lei ambiciosa e realistica. Uma Lei do século XXI, dizia ela...
Quem parece viver no tempo da Inquisição ou numa outra distante época napoleónica seguindo os estranhos passos do seu mais que tudo o pseudo-Napoleão Sarkozy é esta tal de Christine Albanel.

Neste momento anda por aí muita discussão acerca deste assunto e outros que colocam em perigo as grandes conquistas do Homem Livre, principalmente alguns dos seus mais elementares direitos. Lamentavelmente, muitos cidadãos limitam-se a um encolher de ombros, com respostas do tipo "quem não deve não teme" ou "até acho bem desde que seja para apanhar x ou y", à tentativa de devassa do mais intímo pormenor da nossa vida social. E porque infelizmente?
Infelizmente, porque a conquista destes direitos custou a vida a muita gente que por eles lutaram e pelo tempo, considere-se séculos para não falar em milénios, que tais direitos levaram para serem reconhecidos mundialmente. Mais uma vez infelizmente, apenas reconhecidos já que a sua aplicação ainda não chegou a todo o lado.

Assim, tal como esta Christine Albanel ainda há por aí muita gente que comunga destas ideias que quanto a mim não hesito em chamar-lhes de ideias fascistas e que num instante podem levar a um mundo perfeitamente controlado pela "divina" disposição dos nossos governantes. Basta pensar na figura de um Sócrates, ou de um Cavaco Silva não só como inimigo mortal das autonomias mas também pelo que virá a seguir, a segurar na mão todo este poder para imediatamente ser avassalado por uns profundos arrepios gelados!

Por falar em fascismo, mais uma vez fui recordado da filha-da-putice que fizeram com Salgueiro Maia. Em 1993, um ano após o falecimento de Salgueiro Maia, numa altura em que tudo indicava que sairia uma medalha/pensão para a viúva deste (o verdadeiro) herói de Abril, o Primeiro-Ministro de então recusou.
Sabem quem era este governante?
Nem mais - Aníbal Cavaco Silva!
Também sabem o que este governante fez para além de recusar dar a merecida pensão à viúva!?
Pois fixem bem isto - concedeu idênticas pensões vitalícias a dois PIDES!!!!
Pior!
Um dos PIDES foi o último chefe da delegação da PIDE/DGS em Cabo Verde mas o outro:
- De seu nome Óscar Cardoso, foi um dos filhos-da-puta que, no dia 25 de Abril, disparou sobre a multidão, disparos esses que fizeram as únicas vítimas mortais (4) dessa revolução!

Agora, no ano de 2009 eis que um Cavaco Silva, despido de qualquer vergonha pelos actos cometidos, mas com uma hipocrisia de todo o tamanho, veio finalmente prestar a devida homenagem ao herói na figura da sua viúva. Sinceramente, não assisti a tal horroroso momento de fingimento e nem sei se a viúva esteve presente ou no caso de estar como reagiu ,já que este assunto é de tal  baixeza que não merece qualquer atenção.


Algumas palavras que tinha intenção de escrever sobre tal vil episódio.


Felizmente, para a viúva, o então Presidente da República Dr. Mário Soares decidiu condecorar o herói com a Ordem Militar de Torre e Espada.
O porquê desta condecoração?
Porque era a única condecoração portuguesa que dava direito a uma pensão à viúva!

Enfim, estes são os governantes que temos.



segunda-feira, Junho 08, 2009

ELEIÇÕES - EXISTEM COISAS QUE NUNCA MUDAM...

Em primeiro lugar, notei com especial satisfação o facto de todos os partidos ganharem!
Ou melhor, todos menos um. Pudera, com o rotundo cartão vermelho que o povo português o brindou...

No meio desta euforia ganhadora, saliento aqui o chorinho de Paulo Portas, provavelmente fruto da emoção de ter ficado em último (dos 5 principais...) mas apesar disso ter ganho!
Há coisas fantásticas.

Calculo a choradeira se o Paulinho das Feiras obtivesse o retumbante resultado do irmão/BE, este sim o único que pode dizer que ganhou!
Ou melhor, deu uma autêntica banhada em todos os outros, com o impressionante resultado de 3 deputados eleitos!
Parabéns rapaziada!

Claro que não podia deixar de lado o PCP/CDU que também está de parabéns. embora o resultado não se equipare ao do BE o que é facto é que este partido, que já teve o carimbo de moribundo, provou que ainda está aí para as curvas.
Motivo de regozijo - BE + CDU > 21,4%!
Em Portugal!
Verdadeiramente inaudito.

Do PSD nem vou falar. A vitória nestas eleições foi realmente a nota máxima num resultado que até nem foi por aí além não fora a hecatombe nas hostes do PS.
Interessante, a repetição sistemática dos jornalistas de serviço da RTP1 em salientar os cerca de 40% da união PSD+CDS-PP e numa nova aliança que andaria perto da maioria absoluta e o notável esquecimento a que foi votado o resultado da esquerda que ultrapassa os 47%!
Meus senhores e senhoras da RTP1 - qual o vosso interesse nessa aparente amnésia matemática?
Ou são assim mesmo - tão maus a fazer contas?
Sinceramente, não consigo perceber a razão porque este canal trata tão mal o significativo e real, diria mesmo brilhante, resultado do BE e um pouco da CDU, ofuscando-os completamente com matemática da treta. Foram mesmo tão longe que lhes escapou a conferência de imprensa do líder do BE da qual deram um resumo cortado enquanto por outro lado andavam uns tolos a correr atrás de Santana Lopes!
Depois, ainda por cima, aparecem com umas desculpas esfarrapadas!
Meus senhores da RTP1 - o BE foi o 3º maior partido nestas eleições!
Quanto mais não seja, tem que respeitar a opinião dos portugueses e mostrar aqueles que devem ser mostrados ao invés de andarem feitos uns palermas a correr atrás de umas palavras de um político que simplesmente não "existe" nestas eleições!

Ora, sobra o PS. O grande derrotado da noite!
Pessoalmente não esperava este resultado, muito embora o desejasse!
Espero que a lição tenha ficado bem aprendida e que os meninos se esforcem muito mas mesmo muito para o bem do país. Sim, falo das mentiras, falsas promessas e negócios escuros que por aí proliferam. É que como já viram ninguém acredita no que dizem.
Ainda quanto ao PS, lastimo a infeliz escolha do cabeça de cartaz principalmente sabendo qual a sua opinião em relação aos Açores e aos açorianos o que não indica nada de bom nas importantes discussões que se irão travar.

Infelizmente, gostaria de salientar os cerca de 4 em cada 5 (Açores) e 2 em cada 3 (continente) de não votantes. Pessoalmente, penso que a grande maioria do pessoal se está a cagar para a Europa e que os Euro-deputados agora eleitos deveriam ter isso em consideração. Sim, no fundo vão para lá "apoiados" por uma pequena minoria...

Única nota digna de riso nesta noite "especial" da RTP1 - a fantástica demonstração da fiabilidade de um brinquedo tecnológico que por lá apareceu. Calculem lá de quem era aquela coisa que infelizmente teve um erro de "comunicação"...
Nada a que não estejamos habituados no dia-a-dia...

sexta-feira, Junho 05, 2009

DESCULPEM, ELEIÇÕES PARA QUÊ!?

Nas últimas semanas tenho andado num agitado périplo por continentais terras lusas. Como a grande maioria dos percursos foram em vias rápidas num "pés-de-borracha" com ar condicionado, logo vidros fechados apesar da canícula de alguns desses dias, pude ouvir a rádio que ia passando. Na grande maioria das emissoras lá passava de vez em quando a "campanha eleitoral" a que eu tentava prestar atenção já que gosto de ter a minha cidadania em dia.
Por outro lado, quando chegava a noite, no recanto do emprestado e temporário "lar" lá ia assistindo a algumas intervenções televisas versando o mesmo tema. Não não vi a Manuela Moura Guedes em directo - o meu coração não aguentaria tal teste com toda a certeza.

Ora, através de toda esta informação consegui saber de algumas coisas que desde já aviso não se tratarem de qualquer novidade:
- O governo é uma merda;
- A oposição é uma merda;
- O país está na merda;
- O desemprego continua a aumentar como a merda;
- Os bancos estão na merda;
- Os bancos são uma merda;
- Resumindo - está tudo na merda!
A minha admiração não se prende de forma alguma com o estado mal-cheiroso deste país à beira-mar plantado (no caso das Ilhas, rodeado-de-mar...) mas sim com a natureza destas eleições!

Desculpem a minha ignorância mas estas eleições não são para a "EUROPA"!?

Foda-se!
Após horas e horas de intervenções "politiqueiras" não ouvi UM ÚNICO POLÍTICO a falar da EUROPA!!!!
Todos sem excepção, andam apenas a lavar roupa suja!!!
Se alguém tem dúvidas basta passar pelos sites de campanha dos respectivos partidos e retirar as devidas conclusões.

Pergunto-me quem é que tem vontade de votar numas eleições EUROPEIAS quando estes políticos da treta, para não lhes catalogar com a defecante matéria castanha, andam apenas a lavar a roupa suja e nem um pio acerca do que irão para lá fazer?
Pessoalmente, só votarei em quem mostrar que vai para lá fazer alguma coisa e prometa algo mesmo que depois não cumpra. No fundo qualquer cidadão tem que se agarrar a alguma coisa, ou não?
Desta forma, o Sr. Vital Moreira está fora de questão. Se vai para lá com estas ideias não se pode esperar grande coisa para os Açores, pois não?
Do Sr. Rangel e respectiva patroa é só - o governo é uma merda. Para além disso a Sra. Manuela não "promete nada" e como tal está fora da carroça.
CDS-PP, poderia ser mas com o Paulinho das Feiras à frente deste partido = internem-me sff!
CDU(?), hum, não sei. Poderia ser uma hipótese mas o discurso pouco muda dos restantes com a agravante de já ser por demais conhecido, um pouco assim tipo "cassete"...
BdE(?) poderia ser realmente uma alternativa mas é mais um que apenas fala dos casos dos bancos e da porcaria que é o governo. Gostei da imagem da Pepsi/Coca-Cola mas a mensagem europeia falhou se é que alguma vez existiu.

Conclusão, para não ser envolvido nesta avalanche de merda e como gosto das coisas limpinhas acho votar em BRANCO excepto se algum político me fizer mudar de ideias nestas últimas horas.

Não votar é um dos actos mais limitadores da nossa cidadania mas votar em branco não limita em nada essa mesma cidadania e nas eleições onde conta (*) é mesmo sinónimo de fortalecimento da democracia.
Se não está contente com esta treta dos partidos, não deixe de ir votar e se acha que são todos a mesma merda limpe o acastanhado com um voto em branco.

Não deixe de votar (mesmo que seja no OMO - branco mais branco não há)!

(*) Nestas eleições, o voto em branco não conta mas apesar de não contar é um claro sinal que o povo quer e exige uma mudança dos "políticos" e políticas actuais.

quinta-feira, Junho 04, 2009

COMO SE MATA A COMPETIÇÃO!

Era facto sabido que a ASUS após o estrondoso sucesso que foi o original eeePC com "Linux" virou completamente o rumo das coisas e alia-se ao monopólio M$ para passar a fornecer a linha de "netbooks" predominantemente com o fora-de-prazo Windows XP.
A partir daí inventaram-se as mais mirabolantes histórias tal como uma que dizia que os netbooks com "Linux" tinham 4 vezes mais devoluções a qual, para quem não sabe, veio de um executivo de uma empresa dos EUA que nada sabia do que estava a falar e que após ter sido novamente questionado acerca desta estatística e onde a obteve se saiu com a "verdade":
- Ah! e tal, ouvi dizer por aí, já nem sei onde, já não me lembro, etc...

Em abono da verdade as suspeitas que a M$ exerceu algumas formas de coacção sobre a ASUS e demais fabricantes não passam de isso mesmo - meras suspeitas. Ou melhor, de "meras coincidências"...

E é precisamente mais uma dessas "meras coincidências" que me fez elaborar este post. Durante a recente Computex em Taipei-Taiwan a Qualcomm mostrou um ASUS com processador ARM puxado como deve ser pelo "Linux" Android da Google.
(Ooooooppppssss, a ASUS a mostrar um eeePC destes sem qualquer intervenção da M$!?)
Claro que a reacção a este (tão tresloucado) acto não se faria esperar e após uma conferência a meias entre a ASUS e a M$ lá veio o interveniente da ASUS com várias desculpas do género:
- Ah! e tal, peço desculpa por revelar esta máquina mas como podem ver não foi no local da ASUS mas sim da Qualcomm, peço desculpa mais uma vez, etc.

Ora, como questiona Steven J. Vaughan-Nichols, porque raio é que o figurante da ASUS se pôs para ali a pedir desculpas!?
Nem vou dizer mais nada acerca de mais esta "mera coincidência". Deixo ao critério dos 2 ou 3 que obstinadamente ainda cá vem ao tasco.
Para terminar acho por bem deixar um link para o artigo.

quarta-feira, Junho 03, 2009

SSD's A ABRIR!

Enquanto uns, que se apelam os "maiores", andam por aí sem saber o que fazer para atinar com os "discos" mais rápidos que existem, o pessoal do Software Livre, neste caso mais propriamente "Linux" kernel, já há muito colocou o devido e justo suporte para estes "discos" SSD.
Porém, este pessoal não se dá por satisfeito e vai daí vão lançar um suporte que irá fazer os SSD gemer até darem tudo o que puderem dar.
Como?
Muito simplesmente, cobrindo na versão 2.6.30, que se espera para breve, ainda mais "file-systems" (1) do que a recente versão 2.6.29. Assim, poderá encontrar no kernel 2.6.30 uma nova versão do NILFS (New Implementation of a Log-Structured File System) o que neste caso corresponde à 2, ou seja, NILFS2. É precisamente este "Sistema de Ficheiros" quem irá tirar dos SSD tudo aquilo que eles tem para dar.
Se não sabe o que raio é o NILFS, pode começar por aqui. Para todos aqueles que já conhecem e que tiram partido desta tecnologia SSD, a esta hora já devem saber destas boas notícias.
Para quem anda preso num espaço confinado com janelas, lamento informar que ainda tem que esperar mais um bom pedaço de tempo. Ou talvez não dado o voraz apetite pela cópia que os engenheiros de Redmónio sempre tiveram...

É assim. O pessoal do Software Livre anda sempre a inovar e a oferecer aos seus utilizadores aquilo a que eles tem direito enquanto outros ainda andam presos a porcarias do milénio passado e há mais de 6 anos em busca do milagreiro (ou será "sebastianesco"?)  WinFS (seja lá o que isso for...).
Bem, nem vou dizer mais nada. Cada um tem aquilo que merece...