quinta-feira, março 19, 2009

FICHEIROS *.MHT!?

Hoje ao "navegar" numa página do MAI, mais especificamente a tentar descobrir em quantos locais a DGIE tinha poiso para além das seis que deixaram o "Tesouro Nacional" mais leve em 10 milhões de €, pretendi ler a Lei Orgânica desta Direcção-Geral e qual é o meu espanto aquele documento está num formato qualquer que dá pela terminação ".mht".

Pensei cá comigo - "mas que merda é esta?"
Estes gajos, já que desconhecem os formatos standards, nunca ouviram falar em "pê dê éfes"?
Nem isso ao menos!?
Vivam os padrões!

Viva a liberdade!


6 comentários:

Cafonso disse...

Então José,

Se não for o estado a "aumentar" em 10 milhões o PIB quem será?

E viva o formato não standard mht!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
jocaferro disse...

Ainda tive uma momentânea ideia de aprovar dois comentários completamente absurdos, ou melhor, um completamente parvo e um outro derivado do autor não saber ler.

Felizmente, foi apenas um pequeno lapso de tempo e os dois comentários tiveram o destino que deveriam ter tido desde o início = lixo.

Cafonso disse...

Viva o formato mht!

Abaixo as normas (regulamentos e quejandos)!

Viva a complexidade e os preços de inimigo!

(ao meu comentário faltavam os parágrafos acima)

Anónimo disse...

Que bela oportunidade de ficar calado.
O formato MHT representa a norma RFC 2822 (antiga 822), multipart/related. Se olhares para o código fonte, é tal e qual o corpo dum email. Tanto o IE como o Opera sabem ler esse formato, e acho que há uma estensão para o Mozilla que faz a mesma coisa. Faz o trabalhinho de casa antes de mandar postas estúpidas.

jocaferro disse...

1. "O formato MHT representa a norma RFC 2822"
Desculpe!?
Representa!?
Representa a Norma!?
Representa para quem!?
(mais uma notória demonstração da falta de domínio da língua portuguesa - vá lá para a escola, sim?)

2. Não tenho nada que olhar para o código-fonte de coisa alguma!
Ora, essa.
Então um organismo oficial coloca um documento oficial na sua página e eu tenho que andar a olhar para o código-fonte?
Já agora sabe o real perigo que alguém pode estar a correr ao abrir um ficheiro desse tipo!?
(o meu caro anónimo não tomou os medicamentos, ou quê?)

3. Não o Firefox não abre, Chromium/Chrome idem. São os browsers que eu uso porque são livres. Opera e IE não fazem parte do meu dicionário. Estes que uso apenas guardam o ficheiro, não o abrem.
Agora, já reparou na enormidade que saiu da sua bocarra?
"Ah!, e tal até existe uma extensão (aprenda também a escrever) para o Firefox". Pois existe e porque carga de água tenho eu que instalar uma extensão (torno a repetir para ver se aprende) para ler um ficheiro qualquer que uma entidade oficial coloca na Internet!?
Não acha que essa entidade, com todos os milhões pagos à M$, deveria ser mais responsável!?
Não acha que colocar ao dispor de "todos" um formato raramente utilizado e potencialmente perigoso é de uma infantilidade de todo o tamanho?
Já que domina mal a língua portuguesa e é lento a compreender as coisas, vou-lhe dizer o que isto significa:
- Quem colocou este ficheiro ao dispor das pessoas é um autêntico asno!
E porque é que é asno?
Porque não sabe mais do que escrever um texto, talvez com aquela coisa que a M$ disponibiliza para fazer sites, visualizá-lo no IE e guardar sem reparar que o estava a fazer num ficheiro *.mht!
Burro!
E mais burro ainda é quem vem para aqui atirar areia aos olhos das pessoas.

Para finalizar, vou aconselhar mais uma vez ir aprender a ler e a escrever. Faça-o antes mas mesmo muito antes de aconselhar alguém a fazer os trabalhos de casa, sim?

"Faz os trabalhos de casa" - diz o nú ao mal-vestido".

PS: Os seus amigos andam lentos. Desta vez não foram precisos 5 meses para dar uma resposta destas!?

PS1: O caro e conhecido anónimo deve ter ficado aflito quando viu o meu post actual, não foi?
Lá se foram todas as suas teorias de troll por água abaixo.
Ou será que os seus amigos precisam de 5 meses para responder!?