quinta-feira, março 25, 2010

HÁ COISAS FANTÁSTICAS NÃO HÁ!?

"The key suggestions in his report, released today, include:
The Government could save at least £600 million per year if it adopted a more effective open IT procurement process. The open source savings would come not just from reduced licensing costs, but importantly by freeing government bodies from long-term, monopoly supply situations.
New government data standards should be introduced across government, creating a level playing-field for open source software.
These new standards would enable large-scale IT projects to be split into small modular components, meaning that the UK government should never again need to sign an IT software contract worth over £100 million – so no more IT ‘white elephants’. "

Provavelmente o que desencadeou a "abertura" de Gordon Brown, conforme post anterior.
O que é estranho é ver um Partido todo virado para a abertura a usar tecnologias fechadas/proprietárias e vindas desse monopólio que a todo o custo devem evitar.

MYGOV

"And in doing so we can put in place the best most personalised but universally accessible digital public services in the world, and harness the power of technology to economise - shaking up Whitehall and making us the most efficient, open and responsive government in the world.

(...)

Mygov will constitute a radical new model for how public services will be delivered and for how citizens engage with government - making interaction with government as easy as internet banking or online shopping. This open, personalised platform will allow us to deliver universal services that are also tailored to the needs of each individual; to move from top-down, monolithic websites broadcasting public service information in the hope that the people who need help will find it - to government on demand.

And rather than civil servants being the sole authors and editors, we will unleash data and content to the community to turn into applications that meet genuine needs.
This does not require large-scale government IT Infrastructure; the ‘open source’ technology that will make it happen is freely available. All that is required is the will and willingness of the centre to give up control."

Gordon Brown -
Speech on Building Britain’s Digital Future

Será mesmo assim ou não passa de uma mera carta de intenções não cumpridas como na nossa república das bananas?

NICE...

AVG, mata vírus Windows com LINUX!
Que ironia do destino!

Claro que não é novidade alguma. Já por aqui andou um post da autoria de Port25 o tal site "open-source" da M$ onde receitavam GNU/Linux para recuperar um sistema Windows.

No meio disto tudo fica a dúvida - porque não tratar de vez com os problemas do Windows!?
Sim, exactamente com os produtos que a AVG e Port25 recomendam - LINUX!

ESTE PESSOAL TEM-NOS NO SÍTIO!

Por algumas que deteste no Google existem outras que me obrigam a ter respeito pela posição que tomam face à censura.
Neste caso, os gajos merecem efectivamente a minha reverência.
Ah!, Godaddy também.
Claro que também merecem toda a consideração do Congresso dos EUA.
"Rep. Chris Smith, R-N.J., called Google's decision "a remarkable, historic and welcomed action." He also praised Internet domain host site GoDaddy.com which said it will no longer offer new Chinese Web domains. GoDaddy.com announced on Wednesday that it would no longer register ".cn" addresses, citing tough new government rules requiring extensive personal information from applicants."

Por outro lado os abutres andam a cheirar a carne putrificada e tentar obter alguns bocados que de outra forma, leia-se competição honesta, nunca conseguiriam. E de tal forma que até merecem um cartão vermelho (também) do Congresso dos EUA!
""They [Microsoft] need to get on the right side of human rights rather than enabling tyranny, which they're doing right now," Smith said."

Claro que um monopólio não é nem mais nem menos que uma forma de ditadura. Como poderiam eles não concordar com qualquer forma de tirania!?

Gostei especialmente do trecho:
"would work with the government to foster a more open Internet"
Pois, e o Inferno acabou de congelar!

Infelizmente, existe por aí muita gente que pactua com tiranos desta espécie.

PS: Esqueci-me que competição honesta não vem no dicionário deles.

terça-feira, março 23, 2010

HOMENAGENS

Faz hoje um ano que Mário Gamito se foi.

Por outro lado, Akira Kurosawa também faria hoje cem anos.

Aqui fica a minha singela homenagem aos dois.

domingo, março 21, 2010

NOT ANYMORE

Sempre que me refiro a Linux tenho por hábito dar a conhecer que este kernel é praticamente omnipresente e que diariamente todos, salvo alguns eremitas que por aí andam, são obrigados a ter qualquer espécie de contacto quer queiram quer não.
Depois de informar os incrédulos tenho por costume terminar com:
- Só falta mesmo é fazer café!

Nunca mais!
Alguém me deve ter ouvido e, só para me chatear, vai daí criou uma máquina de café Tux powered!

PS: Bem, lá fiquei sem saber como terminar. Alguma alma caridosa para me ajudar?


COM 3 PALAVRAS APENAS...

S. L. B.!

ARRASAR BOTNETS!?

Nope. Pelo menos da forma como alguém queria.
Apesar do fecho à força de Zeus, Mariposa, Lethic e Waledac as estatísticas mais recentes mostram que de nada valeu este esforço.

É um verdadeiro engano e na verdade apenas a melhoria dos programas poderá atenuar os efeitos devastadores que estas pragas provocam. Porque é que em vez de gastarem milhões em cima de milhões em vãs perseguições, porque não corrigem o que está podre?
Porque não sabem?
Porque não podem?
Porque o produto é uma treta e tem mais buracos que um queijo suíço?
Pode ser que assim seja mas quem vende um produto tem que se assegurar que esse produto oferece segurança!
Alguém já imaginou um fabricante de fechaduras lançar no mercado uma fechadura de segurança que abre com um palito?
E alguém consegue imaginar que esse fabricante ande a perseguir os ladrões em vez de melhorar a chave!?
Como se costuma dizer - a oportunidade faz o ladrão!
Um deste casos mais evidentes é o da M$ a tentar tapar o Sol com uma peneira ao derrubar legalmente Waledac.Ou seja, ao invés de melhorar os seus produtos anda entretida numa caça às bruxas. Como era de prever, a eficácia das acções da M$ parecem não valer de nada. Infelizmente, tal já não será novidade nenhuma para aqueles lados de tão habituados estarem a não obterem qualquer resultado na melhoria da segurança dos seus produtos. Como não conseguem activamente fazer melhor atiram-se a um faz-de-conta-que-estamos-a-combater estes "gajos" que estragam a vida dos utilizadores. Pior ainda, é quando esse faz-de-conta não fica apenas pela perseguição às botnet mas passa directamente a bola para os consumidores tentando obrigar os governos a cobrar uma taxa a TODOS os utilizadores e a colocar de quarentena aqueles com computadores infectados(*).

Ora, no meio de todas estas notícias diárias, é raro aparecer um jornalista, dos verdadeiros e não aqueles do copy-paste e de outros com alguns interesses meio escondidos, que chame os bois pelos nomes especialmente quando se referem a "computadores" ou "PC's" infectados. Felizmente, apesar da raridade, lá aparece sempre alguém que trata de referir que as vítimas são tipicamente utilizadores Windows (embora "tipically" seja um pouco brando não deixa de ser assinalável quando espalhado pela (M$)BBC News) o que assenta perfeitamente na realidade e, doutra forma, retira a ambiguidade dos termos "computador" e/ou "PC" que a grande maioria dos "jornalistas" da treta tem por hábito usar. Tentem lá fazer um pequeno esforço, pelo menos todos aqueles que não recebem ACER Ferrari ou algo do género, e não se esqueçam do Windows a seguir a "PC" ou "computador", ok?


(*) - Posso dizer que concordo com esta opinião. Façam pagar, e bem!, e ponham de quarentena, por mim até iria mais longe e exigiria pena perpétua, os utilizadores infectados. Mas apenas os infectados já que os outros não tem culpa nenhuma das centenas de milhões de tansos que por aí andam.

sábado, março 20, 2010

QUEM É ZON ESTÁ OFF

Apesar da propaganda toda, a ZON anda a vender gato por lebre. Andava a pensar em mudar para este serviço, já fiz os contactos necessários e tudo, mas acho que vou desistir enquanto estou a tempo. É que por acaso até uso imenso este tipo de serviços principalmente para sacar as ISO's das distribuições GNU/Linux mais recentes e não desejo que se intrometam na minha liberdade de escolha o que acabaria por acontecer caso me tolhessem o tráfego segundo a (fora-de-)lei deles.
Se por um lado estes badamecos publicitam velocidades "até X" não sei como se comportarão na "fibra" em que GARANTEM as velocidades contratadas. Ou será que não passam mesmo de uma cambada de putos sem fibra nenhuma!?

É com coisas destas que vou aprendendo e por outro avisando os mais incautos que usam este tipo de serviço. Aliás, até nem preciso de os avisar já que muitos andam a pensar em migrar para outras bandas - por cá os jogos são transmitidos tipo "filme antigo" em que um jogador sai da baliza e quando vemos a próxima imagem a bola já está dentro da baliza contrária. Ah!, sem falar na odiada "pixelização"...

Como Carlos Martins bem frisa, é uma pena que os tais "reguladores" não passem de uma mera figura de estilo. Só muito-de-vez-em-quando lá aparece qualquer coisa para pura ilusão de pretender mostrar serviço.

WE NEVER EVER WILL BE HAPPY SLAVES AGAIN

"We never ever will be happy slaves again

I won’t excuse me for being clever and adjusting the way to achieve better goals. Digital sustainability is a long-term effort and not only a matter of Linux vs Windows. It’s not a matter for or against Microsoft. There are many vendors trying to lock you in. We learned it and do our homework. We never ever will be happy slaves again. You, too?

I hope clarifying our approach helps to understand that LiMux is more than just a technical question. We are doing our homework and invest in the future of IT openness. Successful, as proven by our ODF switch and the many linux clients we’re using every day."

"You know Simon Phipps “the biggest enemy of freedom are happy slaves“?"

Só de me lembrar que Portugal foi um dos primeiros países a abolir a escravatura!
Agora, não passa de um país de carneiros habilmente orientados por matilhas de ferozes e bem experimentados cães de matilha.
É só promessas, promessas e mais promessas. Sinais de corrupção atrás de corrupção. O fantasma do desemprego a perseguir as pessoas por todo o lado.
Quanto ao povo só me apetece dizer - tem aquilo que merecem.

O resto do artigo pode ser lido aqui. (numa página estática devido ao inesperado volume de acessos!)

Para contrastar, ainda se lembram do tempo em que o agora desaparecido 1º e demais acólitos andavam sempre nas luzes da ribalta a distribuir milagres por tudo quanto era sítio?

Em caso afirmativo também se deverão recordar de ter dito que o "Plano Tecnológico" com o "empurrão" da M$ iria criar milhares de postos de trabalho nas zonas mais desfavorecidas, como por exemplo o Vale do Ave!?
Tal como a promessa dos 150.000 novos (des)empregos esses milhares de postos de trabalho retornaram em milhares de desempregados.
Ah!, porém os milhões em cima de milhões que foram/vão parar aos bolsos do monopólio continuam sem parar!

Apenas como curiosidade, atentem na inscrição no Brasão de Armas dos Açores.
Valorosos portugueses outrora!

domingo, março 14, 2010

POPULAR SCIENCE




Quando era puto achei no "lixo"(*) 2 ou 3 revistas destas e, imediatamente, fiquei apaixonado. Pena é que naqueles idos anos a ditadura tornava o acesso a este tipo de literatura muito difícil mas mais tarde encontrei um volume, se não me engano uma pasta onde estavam agrupadas várias revistas referentes a um ano ou dois, na biblioteca do Liceu Alexandre Herculano(**).

Hoje em dia tudo mudou e a maravilha da internet faz-me mais uma surpresa e dá-me novamente a hipótese de me deliciar com estas leituras através de um acordo com Google eis que disponibilizaram os 137 anos de publicações desta (re)conhecida revista. Imediatamente, pus-me à procura de um dos tais números que eu achei. Corria para aí o ano de 70 ou 71 e sabia que num desses números vinha um BMW parecido com "aquele" que um médico conhecido da minha família tinha recentemente comprado. Para além deste BMW, ainda me recordo que numa delas vinha uma Honda 50 CD que mais tarde tive/tenho o prazer de possuir. Ao fim de uns bons quartos-de-hora lá consegui encontrar a tal revista e conferir que pelo menos a Honda não tem nada a ver com a minha, a qual, embora parada e desmontada está em muito melhor estado que esta (página 111 - "Don buy this one"). E deve valer muito mais... :-)
Para o meu amigo Carlos Martins dedico-lhe a página 112. Pode ser que lhe faça jeito na sua alegre casinha.

Bem, espero sinceramente que se divirtam por aí.

(*) - Não era bem o lixo tradicional. Por detrás da minha casa existia uma mata onde se despejavam todo o género de artigos desde sobras de uma fábrica de botões/óculos, pequenos brilhantes que não passavam de meros vidros pintados por baixo com uma tinta espelhada, livros, jornais e outros tipos de lixarada que muitas vezes fazia o consolo da pequenada como por exemplo este tipo de revistas e ainda umas outras que, digamos, não era lá muito apropriadas para estas idades...
Um dia, cheguei mesmo a apanhar uma edição do Astérix em francês e em bom estado!

(**) - Aqui, a memória pode estar a pregar-me uma partida mas se não foi no LAH poderá ter sido ali perto possivelmente nos "Salesianos" que era na época o único sítio para onde tínhamos autorização de ir no caso de termos algum "feriado". De outra forma não se podia abandonar o Liceu fechado a 7 chaves pelo que poderá ter sido aí que me perdi na paciente leitura destas revistas o que contribuiu em muito para as excelentes notas que sempre me acompanharam na disciplina de Inglês. Obrigado à Popular Science e a quem ma disponibilizou.