segunda-feira, setembro 29, 2008

1 Gbps PELO PREÇO DE 24 Mbps

Pois é!
No Japão anda tudo a alta velocidade. Já se conheciam os comboios mas desta vez são as comunicações.
Segundo The Inquirer, a firma KDDI está a oferecer uma ligação em fibra óptica com downloads/uploads nuns estrondosos 1 Gbps!
Por quanto?
Por cerca de 48 €!
Comparem com a oferta nacional, principalmente nos locais onde não há concorrência à PT. (*)

Até apetece ir para o Japão ou ajoelhar em frente dos responsáveis da KDDI para estes olharem para o mapa e ver que existe um país chamado Portugal que segundo as "intenções" deste governo quer estar no topo do avanço tecnológico. (**)

(*) - Nos locais onde ainda somos obrigados a pagar um imposto PT de cerca de 15 € mensais sem qualquer necessidade. Pessoalmente, não precisasse de um acesso ADSL e a linha telefónica ficava pendurada no lado de fora da minha casa.

(**) - De boas intenções está o Inferno cheio. No caso português é uma pena que as boas intenções estejam a ser entregues nas mãos dos monopólios.

sábado, setembro 27, 2008

HÁ 25 ANOS...

From CSvax:pur-ee:inuxc!ixn5c!ihnp4!houxm!mhuxi!eagle!mit-vax!mit-eddie!RMS@MIT-OZ
From: RMS%MIT-OZ@mit-eddie
Newsgroups: net.unix-wizards,net.usoft
Subject: new Unix implementation
Date: Tue, 27-Sep-83 12:35:59 EST
Organization: MIT AI Lab, Cambridge, MA

Free Unix!



Há 25 anos, faz perfeitamente 25 anos, foi dado um grande passo a favor da liberdade humana.
Visto desde a nascença como um menino mal-comportado foi evoluindo ao longo destes 25 anos de uma forma crescente e agora chegado a uma idade madura vê-se confrontado com milhões de amigos espalhados por todo o Universo.
Durante o decurso da sua vida ocorreram várias tentativas de homicídio que, felizmente, não deram qualquer resultado muito embora estas tentativas tenham travado um pouco o seu sucesso. Hoje em dia é ponto assente que está a caminhar na direcção certa e movido por esta fé começa a consolidar o futuro.
Sem qualquer dúvida este é o caminho a seguir. Apesar das enormes forças que se reúnem para o abater seja de que forma for, a busca pela liberdade faz parte intrínseca do envelope a que nós chamamos o corpo humano e este é um dos principais factores que nos distingue do restante mundo animal. Acontece que na maioria das circunstâncias algo se interpõe este este inato desejo e a realidade do dia-a-dia. Muitos dos seres humanos vivem obcecados pela ideia que rapidamente definharão caso não exista alguém a obrigá-los a seguir determinado caminho remetendo, desta forma, o desejo de liberdade para um dos cantos mais obscuros do nosso imo o que, se reflecte na prática por uma vivência num ridículo espaço confinado por muros inultrapassáveis e mesmo quando alguma brecha abre uma janela para o exterior a única possibilidade é olhar para fora desse espaço sem contudo conseguir rir, correr e saltar pelos livres e verdejantes espaços que apenas consegue vislumbrar.
Sinceramente, não dá para perceber. Quando é oferecida a liberdade a alguém como é que se pode recusá-la e continuar obstinadamente a gostar de andar preso às grilhetas dos grandes interesses financeiros!?
Felizmente o modelo tão amado pelo império do outro lado do Atlântico desmoronou-se pela base. A capacidade do dinheiro gerar dinheiro seja de que forma for e custe o que custar, especulando nos mercados mais básicos tais como o alimentar, matérias-primas tais como os metais não-ferrosos ou ainda o petrolífero, está prestes a acabar, como aliás era previsível contudo, sem ninguém conseguir adivinhar em que momento ocorreria. Sim, e o que é que isto tem a ver com o bebé que nasceu há 25 anos!?
Por mais incrível possa parecer tem muito a ver. Este bebé desenvolveu-se num mundo dominado pelos grandes interesses dos fundos de pensões "americanos" que dominam um pouco a seu belo-prazer a economia mundial. São esses interesses que geram as grandes corporações monopolistas cuja única intenção é subjugar o mundo aos interesses do dinheiro e que quando confrontados com alguma força que lhes faça frente o único meio a optar é liquidar essa mesma força ou o movimento de pessoas que estão por detrás. Ao longo dos anos este movimento foi conotado com tudo o que havia de pior chegando mesmo ao ponto de ser considerado por outros movimentos, que ajem na lado escuro da "Força", conotado com o Diabo!
Entre ventos e marés o bebé foi crescendo, crescendo e continuará a crescer apesar dos poderosos esforços do lado negro e é esse crescimento a a cada vez maior vontade dos seres humanos em se verem livres das amarras e alcançar a liberdade que torna este outrora jovem e imberbe movimento numa força imparável!
A Luz está ligada e passou de uma pequena, simples e periclitante chama a uma estrela!

Parabéns Richard Stallman pelos 25 anos do GNU.

Para todos os interessados em ver a certidão de nascimento pode dar um pulo até aqui. Não paga absolutamente nada e ninguém lhe vai tirar algum pedaço por causa disso.

sexta-feira, setembro 26, 2008

OPEN SOURCE POWER

IRON.
Um CHROME "No Phone Home".

O Chrome "passa" informação para Google?
Abre-se o código, extrai-se a parte malévola e eis uma versão livre de "telefonar" para Google e mandar as nossas informações mais confidenciais, principalmente aqueles sites didácticos que usualmente tem uns XXX como complemento ou ainda para aqueles tipo "Baía dos Piratas"...

É este o poder do Software Livre e Aberto.

PS: Experimentem fazer isto com o fechado...

PS 2: Ferro?
ok. Está certo.

quinta-feira, setembro 25, 2008

QUE GRANDE PORCARIA!

Foi só para não dizer MERDA. Fica mal...
Andei eu tanto tempo à espera disto e sai-me uma borrada de todo o tamanho!
Só travões à liberdade!
Andaram 10 anos para fazer uma coisa destas!
Segundo algumas impressões de quem já testou o jogo é uma autêntica desilusão.
Acresce a isso o facto de vir carregado de DRM mal parido que submete o legítimo comprador a "leis" que não lembram nem ao diabo.
Aqui ficam alguns exemplos:
1, 2 e 3.

Pessoalmente, sou contra a pirataria mas existem alguns casos que merecem mesmo uma ida até à loja da "Baía dos Piratas".

Goodbye SPORE.

terça-feira, setembro 23, 2008

MACHADADA NO COMITÉ ISO?

Antes que a poeira sobre a palhaçada do OOXML assentasse a IBM (*) encetava esforços para a criação de uma nova aliança com o objectivo de tornar os standards de software como verdadeiros standards abertos e genuinamente válidos sob a luz do mérito e não à força de dinheiro ou interesses políticos.
Segundo o que se pode ler na wiki, 70 peritos independentes na matéria de todas as partes do mundo já se juntaram a este movimento em prol de uma clarificação dos processos e pretendem obter transparência, verdadeira inovação tecnológica, justeza e qualidade desses standards e para isso esperam obter a participação de mais peritos verdadeiramente independentes e não do tipo daqueles que se vendem por tuta-e-meia ou que são pagos para alterar os artigos da Wikipédia a favor do monopóliosoft e posteriormente andar ao redor do mundo a ministrar a doutrina de Redmónio.

Apenas com standards verdadeiramente livres aceites por todas as instituições do mundo inteiro poderemos ter a absoluta certeza que o futuro não se encontrará acorrentado à vontade de uns senhores "feudais".

Este poderá ser um grande passo para ultrapassar o grande problema que foi criado pelo baixar de calças do comité ISO à M$. A validade deste comité em se assumir como a maior entidade globalizadora dos standards universais perdeu todo e qualquer sentido a partir do momento em que vários países se encontram empenhados em nunca mais participar no processo de certificação.
E será que faz sentido uma posição destas!?
Sim, faz todo o sentido. A borrada com o OOXML apenas serviu para demonstrar que o poder do dinheiro vale mais que a vontade de algumas pessoas levando a que o próprio comité ultrapassasse todas as regras que impôs a si próprio. Ora, uma empresa certificadora que tem um processo perfeitamente credenciado para a apreciação e aceitação de novos standards não pode andar a favor do capital, e a mudar as regras em cima da hora apenas para beneficiar uma empresa e aceitar uma porcaria de um standard que poderá remeter o universo às trevas dos documentos digitais, mas sim seguir escrupulosamente o processo a que se auto-impôs. A falência deste processo leva a que todo o significado dos standards ISO percam todo o valor, valor esse que vinha acumulado desde o tempo em que respeitava as regras. Para além deste pormenor o próprio comité deveria ter tomado medidas mais rígidas na aceitação de novos membros com poder de voto. Caso as regras fossem mais rígidas nunca poderiam ter acontecido umas dezenas de participações de última hora e muito menos a desistência desses mesmos países imediatamente após a votação, votação essa que teve apenas um sentido de voto - a favor do OOXML da M$!
Para além de todos estes pormenores o comité ISO ainda não publicou o documento final quando já passam alguns meses sobre a deliberação quando o deveria ter feito obrigatoriamente após no máximo de um mês. Mais uma regra para o caixote do lixo.

Aqui ficam alguns dos objectivos desta nova proposta:


Amén!

Espero sinceramente que a IBM e restantes parceiros consigam ganhar esta aposta.

UMA GRANDE VITÓRIA PARA O SOFTWARE LIVRE

Pela primeira vez na história da Grã-Bretanha várias firmas promotoras do Software Livre ganharam lugar na lista de entidades fornecedores de software para o sector público.
Para já apenas existe a informação de duas delas, Sirius e Novell UK, mas durante o dia de hoje serão anunciadas mais umas quantas.

Finalmente, após muitos anos de claro favoritismo para o lado de soluções proprietárias, eis que será dada a oportunidade que há muito o sector público vinha reclamando, principalmente o sector escolar. Existiam muitas escolas que pretendiam optar pela liberdade conferida pelo software livre mas viam os seus intentos a passar ao largo já que não existia ninguém que procedesse ao fornecimento, instalação e posterior apoio na lista dos organismos autorizados. A situação era um pouco como a história do ovo e da galinha - não fazem parte da lista porque o sector público estava amarrado aos grandes interesses do proprietário e não podiam mudar e quando demonstravam interesse em mudar não existia ninguém na lista. Apesar de se tratar de um caso que se passou em determinado país, de facto esta é a situação que se vive um pouco por todo o lado tanto por vontade própria das instituições quanto por pressão de um célebre monopólio que tudo faz para manter este status quo seja de que forma for.

A partir de agora a Grã-Bretanha passa a englobar a lista dos países que não se encontram completamente amarrados ao monopólio "made in USA" e o que me faz impressão é ver uns poucos países da Europa a continuarem a optar pela ditadura, entre os quais Portugal é realmente um exemplo do topo!
Para quando a mudança!?
É muito difícil responder a esta pergunta enquanto temos os governantes que temos. Só para exemplo notem bem a mudança operada em algumas figuras de topo do partido que se encontra no governo:
- Enquanto estavam na oposição eram dos mais acérrimos defensores do Software Livre e Aberto tendo mesmo alguns elaborado artigos sobre este assunto, criticando a forma como o governo da altura protegia os interesses proprietários;
- Mais tarde, tornaram-se governantes e de repente tudo mudou quando optaram por alinhar no esquema que antigamente tanto criticaram.
Ora, poder-se-ia perguntar quais os verdadeiros interesses nesta súbita mudança de atitudes mas certamente sairia apenas uma resposta cheia de retórica tão ao gosto da classe política.

domingo, setembro 21, 2008

VOU BRINCAR AOS DEUSES...

A onda começa a alastrar e a web não para.
Se para muitos ainda existem sérias questões, principalmente de segurança, quando confrontados com a possibilidade de trabalhar online através do browser, para alguns essa questão nem se coloca.
Como é óbvio, este problema de segurança não se pode levar de ânimo leve e todos devem ter a absoluta certeza que os seus dados estão em boas mãos.
Bem, se para as aplicações do tipo Office tal se aplica, muito provavelmente para os jogos já nos podemos abstraír desses problemas de segurança já que em princípio os nossos dados estarão a salvo excepto algum império que entretanto tenham criado...

Hoje, quero dar a conhecer um jogo que corre no browser - Ikariam.
Vou dar uma voltinha, um pouco armado em deus, para ver o que é que isto vale.
Votos de um bom Domingo.

sábado, setembro 20, 2008

PORQUE HOJE É O DIA DO SOFTWARE LIVRE

Vou falar do VISTA!
O mundo do software livre evoluiu imenso nos últimos anos.
Desde os primeiros tempos em que Gnu/Linux e Apache estavam colocadas no fundo da cadeia do software empresarial passando mais tarde por bases de dados como o MySQL que já se situavam a meio da plataforma empresarial até chegar aos dias de hoje onde já se situa no topo da cadeia do mundo empresarial com vários e programas tais como Alfresco, Compiere, SugarCRM e openBravo só para citar uns poucos e bons exemplos.
Porém, é verdadeiramente lamentável que em todos estes anos o mundo livre não tivesse
conseguido impôr-se ao software proprietário muito por culpa da falta
de soluções verticais que pudessem atender às necessidades particulares de determinada empresa e não apenas as mais generalistas.

Apesar desta longa caminhada e da enorme quantidade de projectos é com enorme pesar que reconheço a falta de programas como o VISTA!
Demorou alguns anos, mas o VISTA conseguiu impôr-se num meio em que apenas uns poucos confiavam que tal pudesse vir a acontecer.

Assim, neste dia do Software Livre curvo-me perante o VISTA e rendo-lhe a minha humilde homenagem.
Para todos aqueles que ainda não conhecem a história do VISTA deixo aqui um excerto da sua história assim como o respectivo link para a página oficial:

The VISTA History Project
VISTA's history is a
colorful, story in itself. The purposed of this History Project to shine a spotlight on this vital effort, to examine its origins, capture the great human stories behind this effort, but most of all to draw forth the crucial lessons VISTA has to teach about (*) informatics, community building, and the effective (and sometimes ineffective) management of large-scale projects. This page will be updated over time as we collect your VISTA stories, . We ask for your help in making this project succeed by contacting WorldVISTA and contributing your input.
Meanwhile, here is an initial sketch of VISTA's history for your comments.

Its history falls into four remarkably coherent ages:



  • 1965 - 1977: The Age of Cooperation: Birth of the VISTA Strategy and Architecture

  • 1977 - 1982: The Age of Struggle: Birth of the VISTA Software

  • 1982 - 1993: The Age of Expansion: Widespread Adoption and Improvement

  • 1994 - 2004: The Modern Age: Achievements and Contradictions

  • A partir de 2004 pouco mais há a acrescentar.
    Mais uma vez a minha humilde, sincera e honesta homenagem a todos aqueles que lutaram por fazer do VISTA aquilo que é hoje em dia ou seja um marco na história universal.
    Bem hajam!

    Post desenvolvido após ter lido este artigo. Lá poderão encontrar ainda mais informações acerca da escalada do Software Livre e mais um pouco da história acerca do VistA.

    I'M A PC IN A MAC

    Não há forma de acertar em nenhuma!
    Depois do fenomenal fracasso das tentativas anteriores, Mojave e Seinfeld, eis que aparece uma nova campanha que ilustra perfeitamente a fantástica qualidade dos produtos da M$ principalmente aquela espécie de SO e programas de edição de imagem.

    Claro que a M$ nunca poderia exigir aos publicitários que estes utilizassem um PC com o Me2 e algum dos seus programas de edição de imagem ou de vídeo, pela simples razão que caso o fizessem só lá para o ano de 2225 é que conseguiriam acabar tal anúncio e mesmo assim com alguns problemas!

    Apesar de, durante a noite, terem alterado a verdadeira origem dos ficheiros fica aqui e mais em alguns sítios para memória futura que os anúncios foram executados num Mac utilizando Adobe Creative Suite 3!

    Que grande bronca!

    Não há mesmo maneira de acertar uma!

    Na Apple deve andar tudo à gargalhada e talvez a pensar em refazer a história e quem sabe a pensar em mandar uns vídeos a gozar com toda esta situação.
    Acresce que no caso de Seinfeld toda a gente sabe que ele usa no dia-a-dia um Mac e que já tinha entrado nalguma publicidade da Apple...

    Tantos milhões atirados pelas janelas fora...

    Lido aqui.

    PS: Um update acrescenta que também o som foi editado num Mac só que esta "boca", tratando-se de m anónimo pode não ter valor algum.

    SOFTWARE FREEDOM DAY

    Hoje é o dia da liberdade e felizmente que existe um dia dedicado ao software livre já que os restantes 364/365 pertencem todos aos mamões do proprietário principalmente a uma cambada de monopolistas que por anda.

    Para comemorar este dia, o pessoal de Programas Livres está a organizar um concurso em que o prémio é uma pen-disk de 4GB. Não é nada difícil tentar ganhar esse prémio e para se habilitar basta responder a 3 perguntas da parte da manhã de Sábado (090920).
    Os 3 primeiros a responder acertadamente serão seleccionados para a 2ª fase onde serão colocadas 3 novas perguntas.

    Para mais informações basta consultar o site de Programas Livres.

    Bom dia do Software Livre.

    quinta-feira, setembro 18, 2008

    SEINFELD & GATES

    Qual dos dois consegue rir dos anúncios que estão a fazer?

    Desde já posso adiantar que neste momento apenas um se está a rir. Dez milhões de risadas!

    O impacto do primeiro anúncio foi enorme porém pelas piores razões - uma tolice sem qualquer piada nem sentido. Só a versão apresentada aqui neste blog continha alguma piada.

    O segundo praticamente passou despercebido. Deve-lhes ter dado um click e, de repente, eis que alguém se lembrou duma ideia genial:
    - Não há mais anúncios com Seinfeld!

    Para mim, parece-me que a M$ faz anúncios com o mesmo nível do espécie de SO.
    Cada escavadela cada minhoca!
    Banzai!
    Ou melhor - hara-kiri!

    Tanto milhão desperdiçado. Não seria melhor a M$ gastar esse dinheiro numa tentativa de melhorar aquela coisa que poucos consideram um SO?
    Não, prefere gastar os milhões que lhe começam a faltar (é sempre a descer e os investidores certamente não gostam lá muito disso...) em tentativas desesperadas de tornar uma jóia aquilo que não passa de um grande bocado de bosta. Só que essas tentativas resultam geralmente em grandes fracassos já que aqui não há nada para roubar nem copiar...

    Uma coisa que resolveram chamar de "Monjave Experiment" deu o resultado que todos viram quando tentaram chamar parvos a toda a gente. Nem para o lixo serviu.

    Depois, vieram os 10 milhões de USD para Seinfeld ou melhor 10 milhões de razões para Seinfeld contracenar com o Williamzinho III. Besteira ao quadrado. Se o carimbo Seinfeld ainda conseguiu uma reacção positiva da parte de alguns poucos críticos, principalmente no primeiro episódio, rapidamente o fogo se apagou dando apenas origem a fumo. Agora nem a fumaça parece resistir.
    Acabou-se tudo!
    Ou melhor, acabar não acabou pois certamente aparecerá mais alguma invenção da M$, certamente saída da cabeça de alguma das múmias que ainda por lá andam.
    Não sei porque razão sou sempre levado a pensar que o argumento destas acções publicitárias saem da cabeça de Steven Ballmer...

    Assim, eis que Seinfeld acaba mais rico, William Gates III acaba como um tolo(*), o espécie de SO na mesma (**), a M$ mais pobre(***) e o Universo pode dormir um pouco mais descansado.(****)

    Entretanto, pelo meio das duas desgraças aconteceu uma terceira paralisação de London Stock Exchange. Outrora um mais que badalado caso de sucesso em mais uma das tentativas falhadas "Get the facts" ficou um dia inteiro parado graças ao poder da tecnologia M$. Fantástico, conseguiram em menos de um ano aquilo que a anterior plataforma não conseguiu durante 10 anos. Este real facto apenas é digno de menção uma vez que a publicidade da M$ tentava indiciar que a sua plataforma tinha substituído uma outra baseada em Linux. Era uma mentira descarada mas há sempre males que vem por bem e se outrora a plataforma que andou durante 10 anos mantendo 99,999 % de operacionalidade era baseada em Linux (conforme a propaganda da M$) a nova coqueluche da M$ conseguiu em apenas um ano estourar com os 0,001 % de paragens para várias décadas!

    Em pouco mais de 1 mês a pouca credibilidade que a M$ oferecia levou um enorme rombo. Talvez seja esse o motivo que cada vez me vem mais à memória o nome Titanic quando leio Microsoft em qualquer lado...
    Titanicsoft!

    Para todos aqueles que querem ver um anúncio de jeito olhem bem para este com cinco anos de idade:




    (*) ou um pato - "cabeça para baixo e o rabinho a dar a dar, cabeça para baixo e o rabinho a dar a dar..."
    (**) - ...porcaria de sempre
    (***) - ... na conta bancária e também de espírito. Nem Seinfeld os consegue salvar...
    (****) - Nem todo. Devem andar alguns a sofrer de insónias com medo do bicho papão sob a forma de um penguim.
    Ou do Google...


    Vi agora no Planet Geek que o meu companheiro planetário Ricardo já tinha versado este assunto. Eis o link para o post em Zone 41.

    segunda-feira, setembro 15, 2008

    UI, QUE GRANDE MARRETADA!

    A HP não quer o espécie de SO, também conhecido por Me2 pelo menos da forma como ele sai das torneiras da M$. Por esse motivo anda a arranjar uma forma de ultrapassar o problema seja de que maneira for!
    Segundo este artigo, poderá mesmo nascer um novo SO o qual equipará as máquinas deste fabricante de impressoras armado em fabricante de computadores.
    Ora, coisa que não falta lá pelos lados da HP é escolha de SO para substituir o vindo lá dos lados de Redmónio e provavelmente também deverá dispôr de "cabeças"  em quantidade e qualidade para o fazer. Claro que também pode optar por uma qualquer distribuição Linux!
    Hoje em dia o mercado está a começar a abrir-se e muitos fabricantes já começaram a abrir os olhos deixando de se atemorizar sempre que Ballmer faz a sua dança, caretas, berros ou partir umas cadeiras. É óbvio que os fabricantes "ocidentais" terão que se adaptar à marcha do mercado sob pena de começarem a ver a invasão "oriental" a dominar esta área.
    Tenho pena que a maioria dos fabricantes não tenha optado mais cedo por parar a paquidérmica marcha do monopólio. Até que enfim estão a acordar.
    Agora só falta a Intel lembrar-se de inventar software...
    Desde que seja livre e aberto, como aliás deveria ter sido desde o princípio(*), venha ele!

    Parece-me que ainda vou louvar o Me2 num futuro muito próximo...

    (*) - Quando a Microsoft ainda era uma empresa pequenina, Bil Gates era dessa opinião...

    QUAL O FUTURO DA WEB?

    Poderá o "papá" ter alguma coisa a ver com isso?

    Numa altura em que falta pouco para os 20 anos da invenção da www, Tim Berners-Lee tal e qual um outro personagem famoso teve uma visão:
    - "I have a dream"!
    Enquanto o pobre Martin Luther King não teve qualquer hipótese de ver o seu sonho realizar-se no caso de Berners-Lee tal poderá vir a acontecer já que os apoios à causa começam a surgir e diga-se em abono da verdade que não são poucos...

    Só tenho pena que o "papá" ache que o IE é fixe!
    Claro que enquanto considera o IE como fixe e aquele que gosta de usar também vai criticando a forma como a M$ esmaga os standards tal como um paquiderme enfurecido que destrói tudo à sua passagem. Será talvez devido à prepotência do monopólio que resolveu aceitar o convite para formar uma nova instituição que visa orientar o futuro da Web.

    Segundo o meu amigo Tim: (*)
    "The World Wide Web Foundation, scheduled to launch early next year, will "advance a Web which is open and free,""

    "Berners-Lee mentioned two goals for the Web in the future: to advance
    and create new forms of democracy, including meritocracies, and to help
    improve health care. The Web Foundation will also focus on Web
    standards and interoperability and on advancing Web science, he said.
    "


    "Berners-Lee acknowledged the goals he outlined are a "very big
    undertaking," but he said it's important for the Web to benefit
    humanity as a whole, not just executives who want the latest pocket
    device.
    "


    Tim, se é este o teu sonho conta desde já com a participação cá de je.

    Mais umas ideias podem ser lidas aqui.

    (*) - Sim o Tim é meu amigo. Posso considerar meu amigo alguém que aceita beber umas bejecas ao mesmo tempo que me concede uma entrevista em exclusivo, quando vier aos Açores.
    "Quer-se dizer", eu convidei-o e ele nunca me respondeu mas "quem cala consente"...

    quarta-feira, setembro 10, 2008

    CHROME BUGS

    O Chrome tem bugs?
    Sim.
    Muitos!
    Mais precisamente 1.361 registados.

    Este post apenas serve para chamar a atenção a todos aqueles que andam meio esquecidos que se trata apenas de uma beta.

    Já agora, caso detecte algum bug não listado pode contribuir para o aperfeiçoamento deste sistema operativo browser informando acerca do acontecido.

    NOTA: 1.361 na altura deste post. Confira aqui caso esteja interessado.

    terça-feira, setembro 09, 2008

    DE BOAS INTENÇÕES ANDA O MUNDO CHEIO

    Andam por aí uns "intiligentes" que a determinada altura se lembraram dos pobres coitados dos cantores, ao mesmo tempo que as suas famílias, e pensaram em alongar por mais 45 anos o prazo de vigência dos direitos de cópia ou seja, o dobro do vigente. Assim, embuídos de tão generoso princípio preparam uma Lei para ser acatada por todos os países europeus de modo a repôr a justiça!

    Depois de algumas leituras, fiquei com a lágrima no olho - coitados dos pobres cantores que andam a pedir esmola quando poderiam andar bem da vida!
    Como diria o Calimero - "é uma injustiça, sim, é uma injustiça" (provavelmente irão obrigar-me a pagar direitos de autor por esta transcrição...)
    Isto não se faz a quem dedicou uma vida a elaborar um monumento artístico e que de um momento para o outro se vê sem nada.
    E porquê?
    Porque
    Vai daí e começo a pensar que na realidade eu estava a ver mal o filme e que se calhar os 45 anos suplementares até tinham razão de ser.

    Porém, eis que de repente aparece alguém que ilumina a realidade e de tal forma o faz que facilmente se descobre que os pobres coitados dos cantores se são pobres continuarão na mesma pobres e se são ricos provavelmente ficarão um pouco mais ricos. Segundo este grupo britânico a grande maioria dos artistas irá receber uma ninharia que vai desde 0,50 até 26,79 € por ano(!) enquanto uma minoria, os cerca de 20% de artistas de topo, açambarcam-se com cerca de 89,5 % do montante!

    Se por um momento ainda fiquei indeciso e quase perguntei - sim, e depois!? - eis que numa simples frase aparece o click e de repente fez-se luz - "Entretanto as principais etiquetas irão fazendo mais uns largos milhões extra por ano."
    Ora, afinal a quem é que isto interessa?
    Ao consumidor?
    Claro que não, já que este prolongamento irá custar muitas centenas de milhões aos consumidores!

    Então a quem interessa!?
    À indústria fonográfica!
    Ou seja, a UE em vez de andar a proteger os consumidores europeus cede aos grandes bobbys lobbys "americanos"!

    Poderá mais alguém ganhar alguma coisa com este negócio?
    Talvez...

    Pode saber mais em Open Rights Group.

    segunda-feira, setembro 08, 2008

    ASSIM TEM GRAÇA



    Um final verdadeiramente à medida!

    CHROME ACTUALIZADO

    Apenas se passaram uns poucos dias e já corre por aí uma actualização que visa corrigir alguns bugs encontrados neste Sistema Operativo "Browser".
    Ah!, não deu por ela, pois não?
    Pois, está claro que não. De facto o Chrome não faz actualizações automáticas embora as devesse fazer.

    Se for até "Acerca do Google Chrome" (topo do lado direito onde tem aquela chave/ferramenta) poderá constatar , ao fim de algum tempo, que existe uma actualização. Pode experimentar o botão de "Update" mas não aconselho já que é provável que lhe seja mostrado um erro.

    A melhor solução passa por fazer uma reinstalação. Para quem ainda tem o ficheiro "ChromeSetup" pode fazer uma nova instalação. Para quem não tem é melhor fazer um novo download que já virá com a respectiva actualização - ficará "0.2.149.29".
    O que me admirou foi o facto de não me ter sido pedido nada. Parece-me que o pessoal do Google anda muito confiante no seu sistema de instalação

    Não se esqueça que é uma versão beta. Já foram detectados alguns problemas de segurança. Não espere muito para actualizar.

    PS: Correm por aí umas bocas que a brusca saída do Chrome se deveu a um descuido de um empregado. Será!?

    sábado, setembro 06, 2008

    MAIS ABOUT:

    Para além do "about:internets" existem ainda mais uns quantos que poderão mostrar mais umas coisas acerca deste Sistema Operativo ooopppsss Browser.
    Alguns destes podem ser encontrados aqui. Um dos mais interessantes é o "about:memory" que para além de indicar todos os pormenores sobre a memória que está a ser utilizada pelo Chrome também indica a memória que é utilizada pelo Firefox, Internet Explorer, Opera e Safari caso estes estejam a ser utilizados. Comparem...

    DON'T CLOG THE TUBES

    Está a navegar no Chrome?
    Então experimente teclar:
    about:internets


    JÁ NÃO PRECISO DE ESPERAR MAIS

    Há mais de um ano e meio escrevi este post "Nunca esperei tanto por um jogo". Apesar de estar à "espera" nunca pensei que essa espera ainda iria durar cerca de 21 meses!
    Pois bem, a espera terminou e a EA acaba de sair com o jogo para o "grande público". Agora resta-me esperar pelo Natal para ver se alguém oferece este jogo a algum dos meus filhos senão lá terei que ser a lhes oferecer...

    quinta-feira, setembro 04, 2008

    GOOGLE - ANJO OU DEMÓNIO?

    Google Chrome - mal acabado de sair e logo confrontado com algumas clausulas infelizes no EULA.
    Qual a solução?
    Deixar andar uns 30 anos ( ou mais...) ou emendar imediatamente o mal?
    Nem 24 horas tinham decorrido e o EULA do Google já não contém as tais clausulas que poderiam ofuscar a "liberdade".


    "11. Content license from you

    11.1 You retain copyright and any other rights you already hold in
    Content which you submit, post or display on or through, the Services.""


    Ontem à noite, depois de uma leitura atenta ao modelo de licenciamento do Chrome pensei cá com os meus botões:
    -Esta coisa não faz sentido. O Chrome é distribuído com uma licença BSD e depois vem com uma coisa destas?
    Não pode ser!
    Ainda tentei informar-me do que é que prevalecia mas nem deu tempo de andar a navegar à procura de informação já que o EULA tinha sido corrigido.

    É assim que funcionam as coisas no mundo da liberdade.

    1 ponto a favor das asinhas...

    quarta-feira, setembro 03, 2008

    ATENÇÃO AO GOOGLE CHROME

    1º - nunca se esqueçam que o Chrome ainda é beta. (*)

    2º - ainda deverá ter muitos bugs.

    O primeiro bug é o já conhecido "carpetbombing" do Safari. Embora já tenha sido corrigido a usada no Chrome ainda não está actualizada. Perigo!



    terça-feira, setembro 02, 2008

    GOOGLE CHROME?

    E o que é isso do Google Chrome que tanta gente anda por aí a falar?
    Como uma imagem vale mais que mil palavras eis aqui umas ilustrações que podem ajudar.

    segunda-feira, setembro 01, 2008

    THINK DIFFERENT



    Sabem qual a diferença entre o Jerry Seinfeld dos finais dos anos 90 do milénio anterior e o Jerry Seinfeld de agora?

    A diferença está no gosto. Nos finais dos anos 90 gostava de maçãs e agora gosta de janelas. (*)

    E sabem quais os motivos que originaram esta louca, súbita e brusca mudança de gostos?

    Para aí uns 10 milhões de MU$D!

    Ah!, e parece que o lema vai ser "janelas não muros" (Windows not walls). Esta das paredes/muros deverá ter algo a ver com a Apple embora eu não consiga lá muito bem entender o que é. Fico a aguardar para ver como se safam.
    A M$ decerto saberá do que está a falar mas aqui fico com uma grande questão - num mundo de verdes espaços, livre, aberto e sem paredes/muros onde se colocam as janelas!?
    Ou, para que servem!?

    Como me identifico perfeitamente com as palavras que são proferidas no vídeo da Apple, aqui ficam para memória futura: (**)

    Here’s to the Crazy Ones.
    The misfits.
    The rebels.
    The troublemakers.
    The round pegs in the square holes.
    The ones who see things differently.
    They’re not fond of rules.
    And they have no respect for the status quo.
    You can praise them, disagree with them, quote them, disbelieve them, glorify or vilify them.
    About the only thing that you can’t do, is ignore them.
    Because they change things.
    They invent. They imagine. They heal.
    They explore. They create. They inspire.
    They push the human race forward.
    Maybe they have to be crazy.
    How else can you stare at an empty canvas and see a work of art?
    Or, sit in silence and hear a song that hasn’t been written?
    Or, gaze at a red planet and see a laboratory on wheels?
    We make tools for these kinds of people.
    While some may see them as the crazy ones, we see genius.

    Because the ones who are crazy enough to think that they can change the world,
    are the ones who do.


    Ui!, como este texto se adapta tão bem, mesmo tão bem ao Software Livre e Aberto...
    Cá para mim, naquela altura o pessoal da Apple devia andar nos ácidos ou então a sonhar com castelos no ar. Tantas boas intenções que acabaram em ditaduras...

    (*) - Acho que não é bem assim pois segundo algumas bocas ele efectivamente usa no dia-a-dia - um Mac!

    (**) - PS: Tinha para aí uns 20 sítios abertos quando copiei este texto. Entretanto, por descuido, fechei esse site e nunca mais o encontrei. Se alguém se sentir lesado agradeço o favor de me contactar que restaurarei o merecido link.