segunda-feira, novembro 17, 2008

ABSOLUTAMENTE RIDÍCULO!

Os franceses devem estar loucos!
Mas bem loucos...
Após a atroz tentativa das "3 violações e estás de fora" ser banida pela UE, os governantes da França estão a tentar a todo o custo implementar esta clara afronta às liberdades do cidadão e usam de todos os meios para obrigar os ISP a enveredar por esta política da treta.

Como se isso não bastasse temos agora uns gajos, que se intitulam "Société Civile des Producteurs de Phonogrammes en France" (SPPF) mas que não passa de uma mera e "civil" designação para escamotear os verdadeiros "donos" - empresas discográficas, a inventar mais uma daqueles estapafúrdias ideias que "nem ao Diabo lembra"!
E de que é que estes gajos se lembraram agora?
Por mais inacrediável possa parecer vão processar judicialmente alguns clientes BitTorrent tais como Vuze, Limewire e Morpheus. A quarta será SourceForge que é o local onde se encontra disponível o Shareaza.
Declaradamente sou contra todo e qualquer tipo de pirataria mas neste caso uma acção destas é pior que qualquer tipo de pirataria imaginável. Segundo estas cabeças de abobóra da SPPF, o princípio com que se regem para accionar uma acção judicial baseia-se no facto destes programas serem utilizados pelos piratas para desenvolverem as suas acções de download de itens ilegais e como tal considerarem-nos os culpados dos actos praticados pelos utilizadores!
Já tinha visto e lido muita coisa mas nunca esperei ver nem ler nada que se parecesse com isto. No fundo, este princípio presta-se a tudo e de uma forma radical podemos dizer que o que eles querem é acabar com a Internet. Se partimos desta ridícula concepção a seguir a estes poderão mover acções contra tudo e contra todos de tal forma que qualquer protocolo, browser , motor de busca, e-mail e Sistema Operativo não poderá fugir a esta regra e provalmente até poderão accionar judicialmente os fabricantes de cabos de cobre/fibra óptica porque é através deles que passa a grande maioria das comunicações!

Por analogia poderia pegar no exemplo de uma viatura. Como polui o ar e causa imensos acidentes resultando em milhares de mortos por ano uma qualquer pseudo-associação de defesa dos peões poderia processar judicialmente os fabricantes de chaves porque é realmente o principal elemento contribuitivo para a circulação do veículo. Se ninguém puder entrar para o interior de qualquer veículo é fácil de depreender que todas as visturas ficariam paralisadas. Mas se o problema ficar ultrapassado de qualquer forma poder-se-á ainda meter em Tribunal os fabricantes de volantes!
Mas esta comparação ainda não fica por aqui já que poderão processar todos quantos contribuem para a existência das estradas por onde circulam os veículos!
Como se pode perceber esta distorcida concepção poderá prestar-se a tudo e mais alguma coisa e sinceramente não consigo perceber como é que um qualquer sistema judicial permite algo deste género!

Entretanto as empresas visadas já enveredaram esforços para processar por difamação esta "sociedade" e espero bem que eles ganhem e com isso ministrem uma lição às "sociedades" minadas pelos $$$.  Claro que o caso referente a SourceForge é completamente autónomo dos outros 3. Se no que respeita a Vuze, Limewire e Morpheus podemos considerar que tudo não passa de um absurdo, já no caso de SourceForge a única coisa que me resta pensar é que aquele pessoal não está de posse da suas faculdades mentais.

Porque é que estes tolos não param um pouco para pensar?
Facilmente poderão chegar à conclusão que o verdadeiro problema se encontra no arcaico modelo de distribuição de conteúdos para além dos exorbitantes preços que se fazem cobrar apenas para encherem a pança de meia dúzia de capitalistas.
Ainda por cima dos tais capitalistas que nos arrastaram para o estado actual da economia e que, aí sim, deveriam ser processados por aquilo que fizeram e estão a fazer ao povo que é o único inocente nesta crise?

Há mesmo coisas que não consigo perceber e uma delas é como é que a França, outrora um dos bastiões da democracia e da liberdade individual, chegou a isto?
Basta um pequeno ditador para mudar uma consciência global!?
Sinceramente, espero bem que não.

4 comentários:

ovigia disse...

boas,

estes idiotas são demais.

mas seguindo os seus brilhantes raciocinios, vamos todos processar os produtores de lápis e canetas, gravadores de cd/dvd/blueray, máquinas de fotoócpias, xerox look out, impressoras, e sei lá mais o quê.

para o diabo que os carregue!
quanto mais idiotices destas mais vontade dá de piratear tudo.

cumps,

rjnunes

jocaferro disse...

É. Só falta proibir o pessoal de falar!

@braço.

Francisco Costa disse...

O software peer to peer é que tem sempre a culpa, cambada de ignorantes... Eles que vejam os sites que oferecem espaço para armazenamento, os ditos discos virtuais on-line. Eu tenho uma conta num site que me oferece 5GB de espaço on-line e posso por o que quiser lá e partilhar os conteúdos com quem quiser. Ele que os processem a todos e nunca mais saem do tribunal nos próximos mil anos... LOL

jocaferro disse...

E, Skype?
E os torrents de todo o Software Livre e Aberto, bibliotecas Creative Communs e milhares de bibliotecas que se encontram sob o domínio público!

O que eles querem é que estes clientes inventem um processo de separar o que é legal do que não é o que como todos reconhecem é praticamente impossível!

Facto mais assinalável é isto ter origem em França. Artistas franceses!?
Ui!, são aos montes e ocupam os tops em todo o mundo. :-))

@braço.