terça-feira, agosto 28, 2007

AllOfMP3, DE VOLTA?

Segundo algumas bocas o nome AllOfMP3 continua a ser muito apetecido, enquanto o MP3sparks não consegue ter o impacto desejado pelos seus criadores.
Segundo alguns boatos este "apetite" pode ditar a reabertura do site após o "dono" ter sido declarado inocente.
Claro que esta guerra tem as habituais participações dos "pequenos" lá do outro lado do Atlântico, chegando mesmo ao nível político e comercial entre os dois países, mas o pessoal do site acredita que não são culpados de coisa nenhuma e que o "garrote" imposto pelos EUA virá a cair a curto prazo.

Mas isto são só boatos. Por este motivo não coloco aqui as dezenas de "fontes" a que recorri.

Pessoalmente digo venham eles!

E já agora o BTuga, que considero injustamente acusado. Posso estar errado mas as acusações que vieram a público são tão esfarrapadas que até custa ver!

PS: Nunca usei o BTuga para nada nem sequer para obter SL/A. Apenas acho as acusações com tanta falta de enquadramento legal que nem sei porque está fechado.
Sem ser através de meras especulações, será que alguém sabe?

Nota muito importante: O autor deste blog assume-se como um intransigente combatente à pirataria e acérrimo defensor do Software Livre e Aberto.

6 comentários:

Alcides Fonseca disse...

Se fores ver, o próprio software cliente BTuga é ilegal, visto ser baseado no Azureus (se nao estou em erro) e nao respeitar a sua licença que obriga a disponibilizar o codigo do cliente dele.

Mas acho que foi fechado por ter ficheiros ilegais alojados no servidor. Podem dizer que pelos trackers não passa 1 byte dos ficheiros partilhados, mas no caso de existência de bots de partilha (para aumentar a velocidade de partilha) isto acontece, e acho que era o caso do btuga. Relativamente aos outros dois trackers fechados, nao vejo qualquer motivo.

jocaferro disse...

Não seria certamente pelo Azureus, digo eu!
Também não deve ser por conter ficheiros ilegais contidos no servidor pois senão muitos poucos teriam ainda um computador, começando pelas próprias autoridades...

Já ouvi falar de muitas teorias mas continuo com a impressão que esta acção se deveu a fazer um favor a alguém.

Mas espero pelas notícias. Talvez nunca mais apareça nada, como de costume, mas de qualquer forma vamos a ver os fundamentos legais.

Quanto aos outros a Rússia foi forçada sob pena de não vir a integrar a World Trade Organisation. O fecho do AllOfMP3 foi uma condição imposta pelos EUA, por mais incrível possa parecer!

@braço.

pedro silva disse...

jOSE ROCHA VÁ A "ARGOS-ZOOM.NIREBLOG.COM"

e procure por nas tags do blog por btuga-P2P- lá existem dois posts intitulados BTUGA ,ASAE e razões para ser fechado que lhe darão inúmeras pistas de reflexão acerca dos verdadeiros motivos do BTUGA ser fechado.

Fui eu que escrevi, estou a afazer publicidade em causa própria, pode ver se quiser, pode não ver se quiser.

Mas acho que lhe dá uma ideia.
Quanto à sua ideia de ser adepto de software livre, tudo bem, é cavalheiresco da sua parte mas ingénuo ao mesmo tempo ,tendo em conta o conteúdo dos posts - as caixas de comentários e o que lá está escrito e muito que se está a passar com o BTUGA que está muito longe, mas muito longe de ter algo a ver SÓ com direitos de autor.


Quanto ao comentário anterior ao meu, parte de um enorme equivoco.
Se a acusasão é o software de partilha usado ser ilegal, então não existia justificação para se fechar o fórum do programa uma vez que mensagens escritas entre utilizadores não constituem partilha de software.
Se o btuga tinha software ilegal, e ao que eu sei não tinha, então a acusação é ilegal.
E o Sr Ferreira não vendia nada , apenas providenciava aumento de velocidade de banda.
Curiosamente o mesmo que as empresas fornecedoras de Internet fornecem.
Estão fechadas?

Quanto ao Software, ser feito a partir d código do azureus, não foi a empresa ou pessoas que fizeram o azureus que processaram e apreenderam material ao BTGA, foram as autoridades portuguesas .

Aguardo que as universidades e a bibliotecas publicas sejam fechadas e apreendidos os softwares e todas as outras cópias ilegais que nelas existem, bem como todos os ministérios e serviços públicos cheios de software ilegal ,copiado e duplicado.

aguarso d também que A worten amadora seja fechada.
Venderam softare xp à minha vizinhado res do chão, sem vir o disco respectivo,mas antes um disco de reparação.

E poderia continuar...
Grato pela atenção.

pedro silva disse...

jocaferro: fazer um favor à alguém?
Concerteza.
Se tiver paciência faça o que eu sugiro no comentário de cima:leia os posts do argos. Explica-se lá qual é o favor que é feito e a quem é feito.

Sugiro também no primeiro post a visão da entrevista /reportagem????!??!? da sic que lá está- ,muito esclarecedor...

Mais uma vez , obrigado pela atenção

jocaferro disse...

@pedro silva
Se ler com atenção o meu post e o comentário anterior, como jocaferro, poderá ler que eu sou dos primeiros a suspeitar de que houve efectivamente um favor a alguém.

Mas não quero olhar a especulações sejam contra ou a favor do BTuga. Gostaria, isso sim, de ver uma acusão formal devidamente fundamentada quanto a este caso.

Até lá as autoridades agiram a pedido. Não só agiram a pedido como imediatamente o que é caso raro em Portugal. Mas rapidamente passaram a ser lentos e irão continuar até a poeira assentar, talvez porque não encontrem qualquer indício que possa ser válido como prova.

Se as autoridades andassem à procura de software pirateado, certamente encontrariam nas suas próprias instalações. Mas se andassem mesmo a sério, já quase toda a gente tinha os computadores apreendidos, além das empresas e outras instituições pararem.

@braço.

pedro silva disse...

Jocaferro: eu percebi.

Suspeita e suspeita bem. Houve um favor. E existiu uma tentativa de rebentar com o P2P apenas porque existem ideias da parte de quem o quis rebentar em lançar por si próprio e a pagar P2P.

Pelo meio o Estado Português "aluga" as suas forças policiais para fazer fretes a 3ºs.
É um peido que foi feito, no sentido de nós racocinarmos.
Mas legalmente foi uma providencia cautelar que foi feita.
O estranho é a rapidez com que foi feita e agora a demora com que irá continuar a a situação.

Entretanto a mesma pessoa abriu outro torrent noutro lado.

Quanto à questão de encontrarem indícios, esta operação não visava encontrar indícios,mas sim apreender material servindo-se da cobertura da lei para isso.

As pessoas em questão da polícia até conheciam pessoalmente o Sr Ferreira, e tinham contactos regulares com ele.

Ou seja, a ideia nunca foi encontrar indícios mas sim fechar um concorrente.
Se se der ao trabalhao de ler os dois posts do ARgos verá o que eu quero dizer.
E abraço também...