sexta-feira, junho 20, 2008

OPENSUSE 11

Acabada de sair a última versão deste "sabor" Linux.
A primeira experiência, para vjá apenas GNOME, é que está bom.
Mesmo bom!
Como já tinha afirmado anteriormente um dos meus receios prendia-se com a EULA.
Efectivamente a EULA está presente mas muito mais soft do que a versão que acompanhava as betas mas como não sou legalista fico a aguardar notícias sobre se o openSuse é realmente livre e aberto ou não.
Apesar de não ser legalista existem alguns aspectos sobre os quais tenho algumas dúvidas. Do que não tenho qualquer dúvida é que ninguém pode executar benchmarks comparativos com outras distros e publicá-los sem a devida autorização da Novell. Ora, isto não me parece nada aberto...
Neste fim-de-semana vou testar openSuse com kde e publicarei as devidas impressões assim que explorar mais um bocado esta distribuição.
Não sei se isto que eu vou dizer carece de autorização da Novell mas para já o Fedora ainda é a minha distribuição preferida - Gnome como é óbvio -, mas tenho a impressão que quando se fala em kde o camaleão vai ganhar a minha preferência, muito embora o Fedora tenha dado um grande passo em frente.

1 comentário:

Miguel Guerreiro disse...

O OpenSuSE só vem empacotado com Software Livre/Aberto se é isso que queres saber, e vou ser honesto para quem viu o OpenSuSE 10.3 este melhorou e muito, muito mais estável e optimizado - corro o Compiz como se não fosse nada.

Ainda estou para ver o KDE 4 - o KDE 3 actualmente só o consigo usar no Mandriva, nas outras distribuições mete-me algum nojo.

Ainda há o XFCE para se dar uma vista de olhos ;), o OpenSuSE tem é um defeito que são as letras, não são lá muito famosas parece o Debian.