quarta-feira, fevereiro 04, 2009

EA COM GRAVES PREJUÍZOS

Para além dos prejuízos também anda a adiar alguns jogos em carteira.
Que pena!
Então aquela coisa anti-pirataria nem-digo-o-nome não aumentou as vendas!?
Que pena!
Aqueles que vomitam quantias astronómicas perdidas numa vã luta contra a pirataria nem um pouco conseguiram recuperar!?

O que lhes desejo é que se afundem. Andei eu tantos meses à espera de um revolucionário jogo e não é que estes gajos estragam tudo quando o carregam daquela porcaria de DRM!?

É bem feito. Para eles e para todos que se estão a marimbar para a liberdade do pessoal e que no fundo não passam de uns ditadores da treta tentando impôr ao mundo aquilo que umas apagadas mentes se lembraram, felizmente abortado pela grande maioria das empresas mas infelizmente ainda com alguns seguidores de monta como por exemplo a M$.

Já que falo na M$, torna-se inevitável sempre que se fala em ditadura, aquando da saída do Me2/espécie de SO muitas foram as vozes que se levantaram contra a fantástica profusão de meios castrantes do direito das pessoas a que eles por lá chamavam de medidas de protecção de conteúdos digitais. Sempre que aparecia alguém a criticar esta posição por parte da M$ imediatamente apareciam vindos de todo o lado magotes de defensores com uma teoria assaz interessante, do tipo:
- Ah! e tal a M$ (como é lógico o sinal da árvore das patacas é meu...) foi obrigada a isso pelos estúdios;
- ah! e tal o que é que queriam, uma guerra com as editoras?;
- ah! e tal o que é que queriam que ele$ fizessem?;
- ah! e tal, gostava era de ver se estivessem na pele dele$.
etc., etc., etc.

O que estes senhores não sabiam é que a verdade é como o azeite - vem sempre ao de cima!
Um processo anti-trust conhecido por Comes vs Microsoft veio trazer ao conhecimento público muita da trapalhada que a M$ andou por aí metida nos últimos anos. Muitos, mas mesmo muitos, e-mails considerados internamente como confidenciais e mesmo altamente confidenciais foram parar às mãos dos tribunais e como tal passaram a ser do domínio público e é precisamente nesses e-mails que reside a informação do que a M$ fez, e com toda a certeza continua a fazer e fazerá até morrer, e na sua grande maioria provam que a M$ atropelou tudo o lhe aperecia pela frente apenas para manter o inerrável monopólio que os sucessivos governos dos EUA apadrinharam.
Informação acerca desta inacreditável sequência de factos não falta por aí pelo que não me quero alongar muito neste processo, talvez o venha a fazer mais tarde, e sim ir direito ao assunto. Assim "falava" Bill Gates:
- "“We’re not only seeing digital photography becoming standard on the
consumer PC, but we’re also seeing digital music. MP3 is a format that
is being used for a lot of music out on the Web. There’s a lot of
piracy, with people trading songs illegally. We can help solve this
problem by putting intellectual-property protection right into Windows
,
so that we protect the fights of people who develop and distribute
content such as books and music.

Isto passou-se em 1998 e como é facilmente legível ninguém, absolutamente ninguém, coagiu BillyG nem tampouco a M$ a colocar aquela treta das protecções em qualquer Windows. Muito pelo contrário, foi o próprio Dono quem se ofereceu para o fazer!
Aliás, nem sei como é que ele não disse que até tinham inventado estas tais "protecções"!

A Internet é um espectáculo. Encontra-se um pouco de tudo, por todo o lado, e mais tarde ou mais cedo descobre-se quem é que anda a mentir descaradamente.

Infelizmente a EA, na posse de um grande título, lembrou-se de seguir o mesmo caminho - mandou para o mercado um produto final medíocre, diria mesmo mau, e carregado dos tais "intelectual-property protection" tão ao gosto de BillyG & Cª..  E tudo isto para quê?
Única e exclusivamente - $$$. Mais nada.
Saiu-lhes o tiro pela culatra. As tais protecções apenas infernaram a vida aos utilizadores legais e facilitaram a vida à pirataria chegando mesmo ao ponto de ler testemunhos de muitos "legais" a sacarem cópias piratas para poderem jogar o jogo à vontade. Jogo esse que lhes tinha custado os olhos da cara. Porque é não puseram aquela merda de lado e colocaram o jogo no mercado pro um preço mais barato e acessível ao mais comum dos mortais!?
Agora resta-lhes rezar para que o barco não se afunde mas por mim só podem contar com a ajuda para alargar o buraco e nunca para o reparar.

Morte ao DRM!



4 comentários:

CientistaMaluco disse...

Muito bem dito! Também eu andei à espera desse "revolucionario" jogo e fiquei bastante desiludido quando este saiu e soube que vinha com DRM. Eu como sou daqueles gajos que saca primeiro e se gostar compra (se o preço nao for exagerado), se não gostar apaga, fiz download do jogo e posso dizer que este ate e divertido no inicio mas para meio começa a ficar uma bela treta. Nem a sonhar esse dito jogo vale 50€/60€. Por 15€ ainda comprava, mais do que isso não dava.
E realmente o DRM foi um tiro no pé, facto que devido às fracas vendas da EA eles colocaram os seus jogos na plataforma Steam sem os ditos DRM. Pena é que ja tenha sido tarde demais e eu tenho ficado sem vontade nenhuma de dar dinheiro a essa empresa. Talvez daqui a uns meses. Comprei a 2 meses o NFS Most Wanted apenas porque sou um grande fã do jogo e este apenas estava a 10€. Um preço mais que justo pa um grande jogo. Pena é que os jogos para chegarem a preços semelhantes tenham de passar varios anos. Assim em vez de comprar, saco, jogo, divirto-me e passado uns meses/anos compro para dar justiça ao jogo.

Cumprimentos e parabéns pelo blog ;)

Carlos Martins disse...

E não soubeste daquela, em que um jogo deixou de funcionar quando chegou a uma certa data? Isso é que é ainda mais bonito!

Anónimo disse...

xeéee ainda tens a tecla dos $$$$ um bocado presa. Ainda não seguiste o meu conselho de comprar um teclado novo?

jocaferro disse...

Já comprei um novo, aliás dois.
São da M$...
Ele$ $abem o que fazem!