sexta-feira, fevereiro 20, 2009

ORA, A SRA. PROCURADORA CONFUNDIU-SE

A Sra. Procuradora como não sabia (ou será que percebia e bem?) o que estava a ajuízar deu o dito por não dito e afinal lá vão os nús aparecer, nús esses que no fundo não tinham nada a ver com pornografia!
Claro que inicialmente e por telepatia como podia ela adivinhar?
Assim, na dúvida opta-se por qualquer coisa que nunca ouvi em algum lado e toca de considerar imediatamente todo o pessoal como presumível culpado!
Deve ser a nova moda lá para os lados do MP de Torres Vedras:
- "Pois, pá, para nós a Lei, pá, tal como a matemática, pá, é uma batata e não há cá nada disso de presumíveis inocentes, pá. É como no jogo da lerpa, pá - joga-se no escuro, topas, pá?"
De qualquer forma, é louvável apreciar como a Justiça é tão célere em Portugal. Resto do mundo - roam-se de inveja.
No meio de toda esta embrulhada, acho por bem que o nosso 1º apareça na TV ou na AR a bajular tal feito de uma Justiça que, segundo alguns, anda muito enferrujada.

Ao que consegui apurar, existem várias teorias por detrás deste "desdizer" de última hora mas tenho uma inclinação para elaborar uma justificação para tal facto - o que estava em causa não era apenas o, totalmente construído em Portugal com crocante, ooooppppsss, chocante alta-tecnologia inteiramente portuguesa, Magalhães tal como o 1º disse e desdisse (serão apenas coincidências ou este país anda mesmo assim?), mas sim a outra empresa que mama do erário público o tal Portugal chocantemente tecnológico - M$!
E sabem porquê?
Porque a imagem que está montada no falso, aliás são todos falsos já que não passam de umas meras cópias do verdadeiro, Magalhães de Torres Novas não representa o buraco que é o IE a correr no XP mas sim taraaammm (rufar de tambores)  -  este.
Porra, dirão os dois ou 3 que aqui vem beber um copo, este gajo até nisto vê o demónio de Redmond?
Não se preocupem que não passa de uma brincadeira. Ouviram bem?
B-r-i-n-c-a-d-e-i-r-a.

Sinceramente não sei o que o pessoal de Torres Vedras vai fazer mas acho que se fosse comigo os nús não iam no cortejo não senhor e em vez dos ditos cujos iria mesmo o lápis azul e a inacreditável censura perfeitamente demonstrativa que algo não anda bem em Portugal!
No meio disto tudo, o que andará o Sr. Presidente da República a fazer?
Provavelmente a imaginar como vai dar cabo do Estatuto dos Açores?
Deixe-se disso e veja o que se passa à sua volta principalmente este tipo de acções que minam irreversivelmente a democracia portuguesa!
Como não ligo patavina ao "twitanço", uso deste meio para lhe perguntar:
- Não acha que este caso tem que ser investigado e bem investigado?
Ou será que tudo isto não passa de uma parva palhaçada de Carnaval?

Quem descobriu o fruto proibido foi o Marco. Pelo bitaites poderão encontrar mais umas interessantes linhas sobre o assunto.


1 comentário:

Cafonso disse...

Parece que aplicar a idiotice em primeiro lugar tb. já chegou à polícia primeiro apreende-se um livro com um quadro na capa do Gustave Courbet, «A origem do mundo» e só depois é que se "explica" o que se passou.