domingo, março 23, 2008

ACID3

Passei pelo Planet Geek e deparei com um post do meu companheiro tiagotex/AppleTuga sobre o webkit ter quase passado o teste Acid3.
Sem dúvida, um grande marco na história do Safari e mais uma prova que estão no caminho certo. Tenho pena que não exista o Safari para Linux, pelo menos nativamente.

Por acaso, já há muito tempo que não visitava este site e nem sabia da existência do Acid3 mas apenas do Acid2. Ora, lá vou dar uma volta com os meus 3 browsers, Firefox/Opera/Elinks, e reparo que no FF obtenho 56/100, no Opera 43/100 e no Elinks 35/?. Claro que o Elinks deveria ter 0/100 e não consigo perceber até que ponto é que este browser pode ser testado pelo que o aparecimento do ponto de interrogação seja normal.
Telefonei a um amigo e entrei no chat com outro, ambos com Mac e Safari. Dei-lhes o endereço de teste e os resultados da versão actual ficaram bem abaixo da versão "beta"e num caso até abaixo do Firefox. É perfeitamente normal os desenvolvedores esforçarem-se mais nas versões que irão sair num curto espaço de tempo e não perderem muito tempo com as versões actuais.

Porém tal procedimento não parece ser o normal no caso do Internet Explorer. A versão mais recente não passa dos 20/100 assim como a versão 7 e a versão 6, chegando mesmo ao cúmulo da versão 5.5 ficar melhor classificada! (*)
Agora atentem bem nesta frase:
"The WaSP / Microsoft Task Force was formed in July of 2005 to support Microsoft as the company begins increasing Web standards support in its products including the Microsoft Internet Explorer Web browser, developer tools including Visual Studio and ASP.NET, and designer tools such as Microsoft Expression Web Designer."
Desde 2005!?
Estão a executar um excelente trabalho, sim senhor!
Basta estar lá o nome do monopólio para tudo acabar em desastre!

Depois lá vem os empregaditos da M$ explicar ao Mundo, que ainda acredita naquelas balelas, porque é que o IE8 vem de "origem" a cumprir com os standards e não com o modo "compatível" com o "antigamente".
Claro que tudo no passam de desculpas esfarrapadas e estão com algum receio que os desenvolvedores que até agora foram mimados com um código super-especial que não cumpria com nada se vejam à "rasca" por causa do novo conceito:
- "Follow the standards"!

O que acho melhor desta explicação é o desfecho da mensagem bem à maneira do monopólio que manda em toda a gente:
"Going Forward
Long term, we believe this is the right thing for the web (!!!!). Shorter term, leading up not just to IE8’s release but broader IE8 adoption, this choice creates a clear call to action to site developers to make sure their web content works well in IE.
"

Ou seja, nós é que mandamos, nós é que somos os bons, nós é que somos e fazemos a Web e o resto é paisagem...
A julgar pelas compras que se estão a passar no OOXML (**) e a noção que tem dos standards também não é para admirar!

(*) - Chamo a atenção que estes valores, para o IE, foram recolhidos na Internet e não foram de forma alguma devidamente verificados através de experiência pessoal pelo que podem não estar de acordo com a realidade.
(**) - mais aqui e aqui.

4 comentários:

Miguel Guerreiro disse...

Não sou grande especialista na matéria, mas raio esse teste do Acid3, não me parece analisar nada de importante, de facto esse teste e outros, são afirmados como alguns os medidores da qualidade dos Navegadores, a meu ver, estão a gozar certo?

Uso o Opera há uns tempos, desde de que vi o Firefox 2.x, quando vi aquele novo firefox só me lembrei de dizer, O que vem a ser esta m###?

A interface era uma trampa, mamava RAM como um porco esfomeado, enfim, mesmo com os plugins, desisti, e passei a outros. Diga-se a qualidade das páginas apresentadas no firefox nas ultimas versões deixa um pouco a desejar, com algumas deslocações de conteudos e mais alguns.

Depois de eu abandonar o Firefox, tentei usar o Netscape, inicialmente nas versões 7 e 8, tudo bem, e estava-se porreiro, mas quando sai a versão 9, acabou-se

O Mozilla passou a SeaMonkey, está velho e claro, a mudança de nome foi infeliz, acabei por me aborrecer...

Depois o que me sobra? O Opera, diga-se é quase perfeito, só falta que ele ajuste algumas "fonts" que realmente quando as letras são muito grandes ele atrapalha-se bem.

Quanto ao Safari experimentei a versão 3, salvo erro, e não gostei nada, era pesadinho, e os menus não tinham nada a ver com o sistema que eu usava, o Windows, não dava, não ficava integrado, as "fontes"... só digo uma coisa em relação a estas no Safari, "Cánojo!".

E esta cena do Apple Update e outros já me cheirou mal na altura, com aquela m### a pedir-me sempre o acesso a Net, acabei por bloqueá-lo de vez e desinstalei a cena.

Safari em Linux? Nãaa... Olha, se queres um Safarisito em Linux usa o Konqueror, que pelo que sei o Safari é baseado neste. Ou um Epiphany, por aí...

jocaferro disse...

A série de testes que o acid faz está de acordo com os standards existentes.
Passar este teste implica que o código não utiliza variantes ao estipulado pelo W3C, como é (a)normal em tudo o que tem "perfume" M$.
Respeitar os standards implica, para quem desenvolve aplicações Web, que a visualização será sempre idêntica em todos os browsers existentes.

É por esse motivo que quem respeita os standards tem o meu incondicional apoio. Estava farto de ter páginas que eram uma autêntica borrada com outro browser que não o IE mas agora parece-me que o fenómeno é inverso ou seja, o IE é que faz borrada em tudo o que é standard e só fica bem na fotografia com o código proprietário da M$.

É muito importante seguir os standards, especialmente numa era em que os dados electrónicos são gerados aos "biliões". Se assim não for, poderemos estar neste momento a hipotecar o futuro nas mãos de quem não tem escrúpulos em vergar o mundo à sua vontade apenas com o intuito de satisfazer os interesses dos investidores.
O safari em Linux só viria acrescentar uma maior competição. O Firefox enferma de alguns problemas que nunca foram resolvidos parece-me que devido ao boom que teve em utilizadores.
Competição precisa-se. Só favorece o utilizador...

@braço.

Amarino. disse...

Isso a mim parece-me bem feio!

brunomiguel disse...

O ACID3 parece-me demasiado sobrevalorizado e faz-me pensar se alguns browsers não estarão a mostrar um resultado incorrecto do teste, só para dizerem que passaram ou têm um valor alto.