domingo, setembro 23, 2007

REAVER O QUE PAGOU POR PROGRAMAS QUE NÃO PEDIU

Um comprador, provavelmente francês, de um portátil ACER resolveu pedir que lhe devolvessem o montante que pagou pelo Windows. A ACER France respondeu que lhe dava € 30.

O homem achou pouco e espeta com uma acção em Tribunal.
O tribunal dá-lhe razão e obriga a ACER FRANCE a pagar:
- 311,85 € a título de reembolso, referentes a - 135,20 € pelo Windows XP Home (49,90 € pela instalação) + 60,00 € pelo Microsoft Works + 40,99 € pelo PowerDVD +38,66 € pelo Norton Antivirus + 37,00 € pelo NTI CD Maker
- 500,00 € a título de despesas legais e resistência abusiva;
- 150,00 € de reembolso de despesas.

Saliento que o computador custou € 599,00!

Para mais informação pode dirigir-se aqui.

Acho que vou dar uso ao cartão da DECO quando comprar o próximo computador...

Viva o software livre e aberto!

PS: O sinal do Euro anda por aqui a passear da direita para a esquerda. Esta acção foi propositada para que quem vier até aqui, talvez por engano..., tenha um pouco de trabalho a escrever um comentário acerca desta minha tendência de andar a bailar com este símbolo (€) todo catita. Porém, antes de me mandarem dar uma volta, leiam um pouco acerca deste assunto, ok?
A gerência agradece...

1 comentário:

victoruas disse...

E tu achas que isso aqui em Portugal era viável?
Aqui as reclamações caiem em saco roto, e para cozer o saco temos de descozer a bolsa e bem.