domingo, setembro 23, 2007

SEGURANÇA - 1

Vou tentar, durante os próximos tempos, dar a conhecer algumas técnicas que poderão ajudar a obter um sistema mais seguro.

Estas dicas não passam de meras opiniões pessoais, pelo que agradeço toda e qualquer sugestão, crítica ou correcção ao que aqui fica dito, no entanto encontra-se completamente fora do âmbito, por manifesta falta de tempo, a resposta a qualquer pergunta.
Peço imensa desculpa mas não dá mesmo, ok?

1ª dica adaptável a qualquer sistema operativo:
Backup - nunca, mas mesmo nunca, descure este importante passo na sua rotina diária, semanal, mensal e anual.
Todos aqueles que prezam os seus dados, devem ter uma política de backup totalmente automatizada, começando por um backup geral, passando imediatamente a incremental.
Cada pessoa age segundo o critério que entender como sendo o melhor e mais eficaz.

No entanto, a título de exemplo para uma pequena firma, aconselharia:
-backup semanal - um backup total no começo. Passar a incremental de forma a manter pelo menos 2 meses sem reutilizar os mesmos suportes;
-backup mensal - backup total. Será executado em todos os meses do ano preferencialmente no dia 12 de cada mês. Não é por uma questão de superstição mas existem alguns elementos virais que gostam muito dos dias 13 principalmente se numa Sexta-Feira. Se tiver alguma hipótese de executar duas cópias faça-o e leve uma delas para outro local físico.
Reserve duas colecções de suportes, uma para os meses pares a outra para os ímpares;
-backup anual - backup total. Duas cópias que deverão ser guardadas em diferentes locais físicos;

Se os dados são mesmo vitais, opte pelo backup diário. Tal como os anteriores deverá adiar ao máximo a reutilização dos suportes.

Tome em atenção que alguns problemas podem a vir a ser detectados algum tempo depois da data em que realmente aconteceram. Para recuperar os dados que interessam poderá ser necessário retroceder algum tempo de forma a corrigir eventuais erros/problemas. É por esse motivo que eu aconselho adiar ao máximo a reutilização dos suportes que servem para backup.

Hoje em dia já começa a proliferar a oferta de "backup online". Tenho aconselhado as pessoas a usarem este tipo de backup mas como um complemento uma vez que, por se situarem noutro local físico, fica salvaguarda a hipótese de ter os dados disponíveis mesmo em caso de alguma catástrofe.

Tenha em mente que melhorar tudo o que aqui ficou dito só lhe poderá trazer vantagens num dia mais tarde.

Todos aqueles que por qualquer razão não podem/conseguem ter uma política de backup como a que descrevi, faça pelo menos de vez em quando um backup geral dos seus dados mais importantes.
Lembre-se sempre que qualquer tipo de backup é melhor do que nenhum.

Sintam-se perfeitamente à vontade para criticar.

4 comentários:

paulo barata disse...

Até agora... nada a comentar :)

Abraço e um resto de bom domingo

Bruno disse...

Os backups, em certas ocasiões, já me fizeram falta. Só os costumo fazer quando faço uma reinstalação, porque tenho falta de espaço nos discos e não tenho largura de banda e dinheiro para os alojar num local remoto.

victoruas disse...

Eu sempre me habituei a fazer backups dos meus dados e isso já me livrou de muita encrenca. Já vi um amigo meu perder todos os dados pessoais acumulados ao longo de vários anos devido a avaria de um disco. ele desanimou tanto que quase desistia da informática.

Cafonso disse...

Há ainda alguém que não faça cópias de segurança dos seus dados? Deve estar à espera da transformação do computador em bibelot.

Então Paulo nada a comentar? Um abraço a todos.