terça-feira, fevereiro 05, 2008

M$ E A FUGA AOS IMPOSTOS...

Bill Gates pode ser muito bonzinho mas fugir aos impostos sabe ele. Não é muito, apenas USD 528 milhões, mas num país onde se vai preso mesmo por um simples erro no preenchimento do impresso dos impostos não dá para compreender. E durante 10 anos!
Depois ainda se admiram quando digo que o dinheiro é que manda.
Entretanto, Sir Gates III apesar do anúncio da sua retirada lá anda pelo Mundo inteiro e distribuir algum dinheiro e ao mesmo tempo a "convencer" os líderes de países ricos e poderosos a gastarem mais uns milhares de milhões em software M$...
Desta vez é na Suiça. Como tenho a mania que a M$ é capaz de tudo para atingir os seus fins, diria que a escolha deste país não é uma simples coincidência.

Bem, será isto a idiota ideia do "capitalismo criativo" que ainda há pouco tempo andou para aí a espalhar!?
Ou será "inovação" a la mode de M$!?

O bem montado esquema pode ser lido no Crosscut Seattle.

2 comentários:

brunomiguel disse...

Estive a ler o teu artigo e o artigo do Crosscut Seattle e até me ia dando um fanico, quando vi os valores astronómicos envolvidos.
Esta é mais uma razão para as pessoas mandarem a Microsoft apanhar sabonetes numa prisão.

Antonio disse...

Tecnicamente não há fuga aos impostos - no sentido ilegal do termo, já que literalmente é disso mesmo que se trata. Os legisladores criam este tipo de buracos na lei precisamente para isto: promover o investimento, a localização de empresas na sua área ou anuir aos interesses de determinados lobbies. É o que fazem a Madeira, a Irlanda, o Mónaco e outros com taixas de irc mais baixas. Praticamente todos os países incluem na sua legislação este tipo de buracos por forma a favorecer certas práticas (por exemplo, o benefício fiscal das doações a instituições de caridade).

Não me perguntes é quais as razões do estado de Nevada para fazer isto. Mas lá que a M§ não é grande exemplo, não. Isso já nós sabíamos :-)