terça-feira, outubro 28, 2008

ATIRAR GASOLINA PARA O INCÊNDIO

Todos os dias farto-me de ver "milhentos" anúncios sobre programas da TV em que chamam alguém para comentar a crise. Num programa muito visto na RTP1 isto já dura há semanas e o painel de comentadores parece ser escolhido a dedo.
Posto isto vou contar uma história:
- Uma certa pessoa lembrou-se há cerca de 4 anos de comprar um apartamento para viver. Após ver a "oferta" existente decidiu comprar um apartamento a um empreiteiro. A coisa prometia e avançava a passos largos até à conclusão da obra o que veio a acontecer com um pouco de atraso mas mesmo assim poder-se-ia considerar como insignificante.
Esta pessoa entregou umas dezenas de milhar de € para assegurar o negócio e neste interim alugou um quarto para viver durante o tempo em que esteve à espera do seu apartamento. Ora, esta pessoa ganha cerca de 700 € por mês e os encargos ascendiam a mais de 350 € pelo como todos podem imaginar, o restante mal dava para comer e mesmo assim tinha que ser bem esticado.
Mas eis que neste mar de rosas aconteceu o desastre que ninguém esperava - a obra estava ilegal e não pode ser licenciada!
Pior ficou a situação quando essa pessoa já tinha anunciado que não iria precisar mais do quarto alugado. Corre para um lado, corre para o outro e lá conseguiu arranjar uma parceria num arrendamento de um apartamento.
Resumindo, esta pessoa anda a pagar uma dívida de uma coisa que não possui nem parece existir qualquer possibilidade de acontecer essa mesma posse para além de pagar a meias uma renda de apartamento. Tudo há mais de 4 anos e com o parco vencimento de 700 €!

A minha questão é - porque é que estes gajos da TV andam a entrevistar os gajos que nos colocaram nesta crise!?
Isto não é atirar gasolina para o incêndio!?
Então os gajos fizeram merda e agora andam a perguntar-lhes como é que que eles vão limpar a merda que fizeram!?
Claro que não sabem!
Isto é tão simples como somar 1+1 = se eles soubessem nada disto teria acontecido!
Senhores e senhoras da TV, vou-lhes contar um segredo - esse pessoal não sabe o que é uma vassoura, esfregona, pá do lixo, detergente e muito menos como limpar qualquer coisa que não passe por limpar os bolsos dos trocos que os pobres a muito custo conseguiram amealhar!

O que deviam fazer é chamar o cidadão normal e perguntar-lhes como é que eles resolvem as crises do dia-a-dia.
Chamem as milhares de pessoas que conseguem fazer autênticos milagres com a porcaria de ordenados que lhes pagam!
Chamem as pessoas que compram roupas nos últimos dias de saldos.
Chamem aqueles que compram os enfeites de Natal no dia 26 de Dezembro.
Chamem o pessoal que vive na condição do exemplo acima!
Talvez aí conseguissem chegar a uma solução!

Claro que a Fatinha é mais uma para o lote. Bem pode falar da crise mas cobrando o que ela cobra a crise para ela não passa de um mero substantivo!
O povo deveria fazer um boicote a este tipo de programas enquanto não tivesse uma merecida representação nestes debates!
Eu já comecei a boicotar esta treta. E você?

6 comentários:

uterrorista disse...

3 palavras: Concordo contigo!

Na minha opinião, a maioria dos endividados neste país são os tolos!

Quem não tem dinheiro não tem vícios!

Anónimo disse...

Ora nem mais! E deviam também chamar todos aqueles que estudaram e não têm emprego compatível com as habilitações. Para um país que se diz necessitado de maiores e melhores habilitações é no mínimo uma vergonha o que se está a passar a nível do ensino e do emprego!

Bruno Miguel disse...

José, presumo que estejas a referir-te ao Prós e Contras. O objectivo desse programa não é ter o comum Zé Povinho a falar do que quer que seja, é ter figuras conhecidas a debater temas que são (ou deviam ser) da sua área. Podemos contestar a escolha dos convidados (eu já o fiz muitas vezes), mas foram eles escolhidos para lá ir, e não eu e tu, ilustres anónimos.

Quanto à crise, de facto ela existe. Mas como eu já digo à pelo menos um ano: a crise é de inteligência e bom senso, coisas que cada vez são menos comuns.

Open Source Portugal disse...

Eu já o fiz faz muito tempo. Televisão muito pouca e mesmo assim só canais estrangeiros de séries ou filmes. Noticias, ainda para mais em telejornais portugueses que mais parecem novelas de faca e alguidar onde uma noticia é tudo menos isso mesmo, onde jornalista deturpa e engana para fazer valer a sua opinião em vez de fazer o que a definição de noticia implica, que para quem não sabe é tão simplesmente, o relato de um facto! Mais nada! Em qualquer país decente um telejornal não demora mais de 30 minutos, por cá demoram 1h:30m! Não, ver televisão que tem como unica intenção manipular a opinião publica e manter toda a gente em clima de medo para serem facilmente controlados, não obrigado. Já estou fora vai para um ano! E estou cada vez mais VIVO! Parabéns pelo inicio do boicote!

ovigia disse...

boas,

tb eu já me insurgi contra essa espécie de programa que de contras nada tem.

escrevi tudo aqui:

http://ovigia.wordpress.com/2008/10/13/pros-e-contras-o-exemplo-da-falta-de-debate-credivel-em-portugal/

cumps,

rjnunes

jocaferro disse...

Obrigado pelo apoio.

@Bruno Miguel:
Noutros casos até nem me importo lá muito com quem ela convida nem tampouco com as calinadas que aquela senhora prega mas neste caso convidar os principais personagens que nos meteram nesta crise para virem explicar como se pode sair dela é no mínimo uma aberração.
E qual é esta forma?
O aval do governo para eles poderem continuar a mandar a carruagem para a frente por mais uns anos ou seja uma solução conjuntural para tratar um problema estrutural!
O sistema faliu. Ponto!
Novas políticas são exigidas!
Uma maior aproximação dos políticos e financeiros com a base - povo - que é realmente o único participante que não tem qualquer culpa no cartório e que acaba sempre por pagar a factura!

Havia tanto para dizer...
ovigia já conhecia mas lá fiquei com mais dois blogs para ler!
Pode não passar de visitas esporádicas mas tenho andado um bocado ocupado. Tenho mesmo que começar a acompanhar os blogs fixes de uma outra forma.

Parabéns!

Claro que o bruno não precisa de parabéns - já é há muito o melhor blog do mundo e arredores!
Ah!, como diz o Marco do bitaites, também é o mais profícuo... :-)

@braço.