quarta-feira, outubro 15, 2008

WOW!



Se existia algo no Ubuntu que me fazia saltar a tampa esse algo tinha a ver com o "Papel de Parede". Ok, até concedo que nem eram assim tão maus já que via muita gente a gostar, principalmente mulheres, mas em abono da verdade não ia à bola (*) com aquilo.
AH!, pode-se mudar, não é?
É sim senhor, mas a mim não me apetece.

Mark Shuttleworth promete sempre uns "Papeles" novos mas, geralmente, são apenas mais do mesmo. A promessa mantem-se para o 8.10, que sai dentro de dias, e caso estes temas se mantenham parece-me que desta vez está fantástico, principalmente o mais escuro. Ok, não vale a pena bater no crítico, reconheço que em termos desta arte sou um génio da lâmpada fundida.
Deixo aqui o que mais gostei destes dois mas caso alguém esteja interessado pode seguir este link.

(*) - Acabei de ver o fantástico jogo que a selecção da Albânia, a jogar com dez elementos, fez contra uma equipa "que não me lembro do nome"!
Não deu para ver lá muito bem o que os dois "centrais" e o guarda-redes fizeram mas os restantes jogadores nem para carne moída se aproveitam!
Para essa equipa "que não me lembro do nome" deixo aqui o meu pedaço de ódio muito especial para um jogador:
- Ó macaquinho de circo e se metesses a trivela pelo cú acima?

PS: O "remédio" também poderia servir a mais uns quantos mas desta vez fico por aqui...

20 comentários:

Anónimo disse...

ena, mudaram o wallpaper do Ubuntu? Vou já a correr a usá-lo! Isso era a razão primordial porque não eu gostava do Linux. Agora fiquei rendido...

jocaferro disse...

Eu também fiquei rendido ao teu comentário!
Acho que tens que levar um prémio...

Assim, este comentário é premiado com uma trivela.

Francisco Costa disse...

Ora aí está uma boa razão para não se gostar de Linux.
O anónimo não gostava do wallpaper do Ubuntu, ponto final.
Para mim acho que esta é única razão válida para alguém não gostar de Linux. Gostos não se discutem e por isso não vou discutir com o anónimo. O que posso dizer ao anónimo é que também não acho muita piada ao wallpapers do Ubuntu por isso uso o OpenSuse com o KDE e um wallpaer feito por mim.
Qual é o Linux que o anónimo usa?

jocaferro disse...

Este post foi apenas para gozar com o WOW já que a única coisa que o Me2 trouxe de novo foi apenas o aspecto.

É óbvio que o 8.10 não vem apenas com um novo wallpaper, mas decidi subscrever o WOW neste que apresentei.
Se estás com o openSuse estás bem.
Porém, o recente Mandriva é realmente bom e o novo Fedora que sairá dentro de dias também me parece muito bom embora ainda tenha alguns problemas.
Experimenta o Mandriva One. Tem que ser o ISO "int" e se não tiveres um CD com capacidade superior a 700MB gravas a ISO num DVD. Fica um Live CD / DVD que detecta tudo.
Ando a trabalhar num pequeno tutorial destinado a exemplificar uma instalação numa pequena empresa com um servidor CentOS ou Fedora e desktop's Mandriva ou Caixa Mágica. Depois dou novidades mas espero colocar no Programas Livres e no Tux-Linux.

@braço.

Anónimo disse...

olha um artigo bem interessante para ti:

http://itmanagement.earthweb.com/osrc/article.php/3778096

Vê especialmente o ponto 6

;

jocaferro disse...

"as opiniões são como as vaginas: cada mulher tem a sua e quem quiser dá-la, dá-la"

Francisco Costa disse...

Fui ler o documento recomendado pelo anónimo.
Ao ler o ponto 6 fiquei com pena da MS, coitadinhos parece que eles são incompreendidos, eles só querem ser amigos de todos nós.
A MS já por diversas vezes que tenta vestir a pele de vitima, mas fica-lhe muito mal...
Mas e porque não se há-de falar também da Apple que segue a mesma filosofia de mercado. Penso que a única semelhança entre as duas é facto de ambas lançarem software proprietário. Os aparelhos da Apple tem um estilo inconfundível, as publicidades da Apple são divertidas, as keynotes do Jobs são incomparáveis com as danças desatinadas do Ballmer a rosnar e babar-se.
Ambas seguem a mesma regra de mercado (software proprietário), a atitude e estilo com que o fazem é que é muito diferente.
E aqui está um comentário a malhar na MS sem sequer a comparar com o sistema do pinguim.

jocaferro disse...

Para além disso existe um ponto fundamental e é tão fundamental que faz toda a diferença:
- Ninguém é obrigado a comprar os produtos da Apple!
Pelo contrário, no caso da M$, todos somos obrigados a pagar Imposto M$ mesmo que não queiramos aquilo para nada!
Há cerca de dois anos comprei um portátil Toshiba. Não utilizei a licença Windows que acompanhava esta máquina por duas razões:
1ª - Tenho para aqui licenças até dizer chega;
2º - Nunca tencionei instalar qualquer Windows.
Expliquei estas duas razões quando devolvi o CD de restauração, sem nunca ter aceite a licença. Foram várias as respostas evasivas da Toshiba e até hoje nunca vi qualquer $ ou €. Fiz queixa à DECO mas como eles me disseram tem lá centenas de casos mas em Portugal pouco há a fazer legalmente.

Recentemente, comprei para o meu filho mais velho um ACER que vinha acompanhado com o Vista Home Premium. Nunca foi aceite já que o meu puto anda no 12º naqueles cursos de Web Designer (e mais umas coisitas) e optou apenas por instalar o XP que como ele diz "é muito mais rápido" do que o Vista. A maioria dos colegas optaram por instalar o Vista e ele tem conhecimento de causa. Realço que a maior parte dos colegas já fez o respectivo upgrade para o XP!
Mais uma vez, devolvi o CD de reparação mas a ACER, tal como a Toshiba, anda a fugir com o rabo à seringa, chegando mesmo a ameaçar não dar qualquer garantia caso o computador avarie e lhes chegue às mãos sem a respectiva licença Windows instalada!
Ora, isto é absolutamente inadmissível. Estou a pagar por um produto que não quero, não preciso e que nunca o irei usar!
Em resumo, estão-me a impôr algo e isso é uma afronta à minha liberdade!

No tocante ao artigo, eu tenho as minhas opiniões e não falo pelos outros. É essa particularidade que diferencia o ser humano dos restantes animais.
Talvez Bruce Byfield nunca tenha apanhado com uma imposição destas ou até talvez tenha recebido o seu justo dinheiro de volta e por isso até pode dar uma de Madre Teresa de Calcutá mas se tiver passado por uma situação idêntica à minha o gajo é um hipócrita de todo o tamanho.

Já coloquei os meus casos a mais gente e chegou mesmo a haver comentários do tipo "então porque não foste para uma marca que não venha com o Windows licenciado?".
Obviamente que nem sequer respondo a um comentário deste tipo.
Se eu gosto de Bohemia e vou a qualquer sítio onde não a sirva tenho sempre ao meu dispor várias alternativas sendo que uma delas passa por ir a outro lado onde tenha a minha bebida preferida. Liberdade de escolha neste caso.
Ditadura no caso do Windows!
Poder de escolha também no caso da Apple.
Imposto no caso do monopólio!

Mas, enfim, muitos tem uma natural propensão para a carneirada. Mesmo dentro deste rebanho existem aqueles que são obrigados, muitas das vezes sem poderem fazer nada, e os outros que ainda por cima gostam de levar uma dentadas dos cães para os obrigar a seguir o único caminho possível.

Poder de escolha. É isso aí!
Nunca na vida condenei ninguém por ter escolhido Windows ou Apple. Se foi por escolha, essa foi a sua escolha e como é óbvio respeito-a. No entanto se está a ser obrigado a usar algo que não quer e não se revolta, perde automaticamente o meu respeito. Já sei que isso pouco lhe interessa...

Este meu conhecido anónimo até é um porreiraço e desde já lhe envio um grande @braço que me tenho esquecido. Também sabe pensar pela sua própria cabeça mas de vez em quando tem umas recaídas destas. ;-)

@braço.

PS: Reconheço perfeitamente que se a Apple estivesse no lugar da Microsoft faria exactamente a mesma coisa. Não tenho qualquer ilusão quanto a isso e eu também estaria aqui para criticar qualquer imposição de Steve Jobs.

Anónimo disse...

- Ninguém é obrigado a comprar os produtos da Apple!
Pelo contrário, no caso da M$, todos somos obrigados a pagar Imposto M$ mesmo que não queiramos aquilo para nada


Realmente ninguém te obriga mas se comprares um MacBook e não quiseres o OSX, como fazes?

Realmente comprar um PC já montado sem SO não é fácil. Mas sempre podes montar um às peças e meter um SO que queiras. O tal imposto que tu pagas é o preço a pagar para teres um computador funcional com um SO que te permite tirar uso do hardware em pleno. Se comprares um computadore e depois não conseguires ter drivers para o hardware não era uma chatice? Sempre podias usar o PC como móvel...

Ah e já agora o portáteis da Dell com Linux não eram mais caros do que os com Windows? Parece que afinal o imposto Linux é mais alto... :D

Francisco Costa disse...

Joca, vais-me desculpar mas acho que nos casos que referiste em que a marca XPTO só te vende a máquina com o Windows Vista a culpa é do fabricante. Acho que só o fabricante é culpado porque ainda não encontrou medidas para se libertar da MS e poder dar liberdade de escolha aos clientes.
Claro que a gente sabe que a MS deve dar uns rebuçadinhos aos fabricantes mais bem comportados...

jocaferro disse...

"Realmente ninguém te obriga mas se comprares um MacBook e não quiseres o OSX, como fazes?"
Existe alguém neste Planeta que compra uma máquina caríssima apenas para enfeitar a secretária!?
Esta pergunta foi só para matar o tempo, não foi?
Ou não sabias o que havias de perguntar?

"Mas sempre podes montar um às peças e meter um SO que queiras. "
Parece que não percebeste onde eu queria chegar. Eu quero comprar o computador que muito bem entender sem ser obrigado de qualquer forma a construir uma máquina ou sujeitar-me a um ou dois modelos disponíveis!
Isso é democracia e a tua resposta mostra a real cara da ditadura.
Se eu gostar de todas as cores do arco-íris porque será que me vão obrigar a gostar unicamente do preto!?
Daqui a um bocado vais-me dizer que o preto não passa unicamente da junção de todas as cores do arco-íris...

"Ah e já agora o portáteis da Dell com Linux não eram mais caros do que os com Windows? Parece que afinal o imposto Linux é mais alto... :D"
1º - Falsa questão. Ao princípio assim parecia mas não passou de um erro prontamente corrigido.
2º - Mesmo que a questão que levantaste não passasse de uma falácia - Imposto Linux!?
O Linux é imposto a alguém!?
Essa agora foi boa.
Mais uma vez, só compra o modelo com Linux quem quer!
Quem não compra tem que se sujeitar ao imposto (s.m.) M$ e esse é efectivamente imposto (adj.).

"O tal imposto que tu pagas é o preço a pagar para teres um computador funcional com um SO que te permite tirar uso do hardware em pleno."
Calculo que te estejas a referir ao "Vista capable"!?
Como certamente sabes decorre uma acção em tribunal contra a M$ justamente devido ao facto que muitos dos computadores com o "emblema" "Vista Capable" não eram funcionais de forma nenhuma!
Ah!, também deves saber que estão a exigir que Steven Ballmer vá responder em Tribunal e que este já terá dito que não iria porque nunca esteve envolvido em qualuqer fase do desenvolvimento do Me2 e que como tal não sabia nada disto. Mais, os autores da acção também estão a exigir que a M$ através do Windows Update avise todos os utilizadores que quem se sentir defraudado por esta situação terá direito a um montante que ainda não foi estipulado.
Calculo que seja isto a que te referias...
Também calculo que não te estejas a referir ao recente post colocado no blog do Windows 7 em que um dos "desenvolvedores" de topo vem agora dizer que o Windows 7 não será uma porcaria como foi o Vista!
Também calculo que não te estejas a referir ao mais que célebre e-mail de Jim Alchin em que ele dizia que com o Vista tinha ficado com uma máquina de calcular de $ 2.000?
também não te deves estar a referir aos vírus, spywares, adwares em resumo a toda a porcaria que anda por aí e que apenas é atraída pelas janelinhas de Redmond!?
Também não te deves estar a referir aos múltiplos reboot's e à imperiosa necessidade de instalar tudo de novo a cada 3 ou 4 meses!?
Também não te deves estar a referir à fabulosa forma como Windows gere a memória e que de um computador com 4 GB de memória apenas dá uns meros 2,5 GB ao utilizador!?
Também não deves estar a referir-te ao boot em 5 segundos e ao fim deste tempo ter tudo o que é funcional ao teu dispor. Já agora a M$ anda a tentar copiar isto tendo mesmo enviado um inquérito aos utilizadores os quais maioritariamente votaram que sim - queriam ter uma coisa do género do Splashtop. Quando tiver já se sabe que foram eles que inventaram e com toda a certeza devem patentear o método!
Alguém por lá deve andar a dizer - que pena a gente ter dito tanto mal dos comunistas/anarquistas/ terroristas do Software livre e Aberto. Agora dava jeito roubar aquela tecnologia, conforme fizemos durante toda a vida, para dizermos que era nossa...
Pior, agora somos obrigados em nos armar em prostitutas e irmos para a cama com o inimigo. Até tivemos que inventar o Microsoft "open-source".
Já agora, quando te referes a open-source deves referir-te a todo o open-source ou apenas ao Linux & Cª?
And so on...
Não há a mínima dúvida que estamos perante uma funcionalidade que não deve corresponder à respectiva definição no dicionário!

Já que estamos a falar de impostos, não deixa de ser estranho a tua posição sabendo de antemão que a M$ já foi julgada e incriminada justamente pela prática deste crime. Já levou com processos nos EUA, UE e Coreia. Agora, já existe mais uma acção na China.
Excepto na China em todas foi julgada e incriminada sem apelo nem agravo.
E porque razão?
Por usar e abusar do monopólio!

@Francisco Costa:
Não, a culpa não é dos fabricantes e é efectivamente da M$. A EULA é deles portanto devem ser eles a pagar e não os fabricantes!
Se a EULA explica claramente que temos direito à devolução do dinheiro porque é que não o fazem e atiram para cima dos fabricantes!?

O mais interessante é que a M$ nem sempre foi assim, chegando inclusivamente (leia-se Bill Gates) a reprovar a acção dos monopólios da altura. Mas chegada à fase de ser o Grande Monopólio esqueceu-se daquilo que anteriormente criticava!

No caso dos fabricantes, andaram tantos anos a serem espezinhados pela M$ que alguns andam a tentar saltar fora do comboio a toda a força, como é o caso da ACER.

Interessante é ler os dois últimos comentários e ver que se complementam. No caso do "engano" da DELL já havia um movimento que tencionava meter uma acção contra a DELL apenas para saber quanto é que a M$ pagava à DELL para esta andar a fazer o serviço sujo da M$.

Mais, não sei se aqui há uns 2 ou 3 anos leste uma notícia que agora não consigo encontrar acerca de alguém que tinha devolvido um computador à DELL e que em vez de receber ainda teria que pagar cerca de $ 50. A carta era acompanhada com algo do género:
- "terá que pagar a quantia de USD 50 devido aos patrocínios dos fabricantes dos programas que acompanham o seu computador terem que ser devolvidos pela DELL.
Isto deu uma bronca de todo o tamanho mas depois desculparam-se com "ah e tal nós estávamos a falar dos trials dos anti-vírus, programas de multimedia, programas de gravação de CD's"
Lá acabaram por pagar.
Recentemente a Toshiba também teve que devolver o dinheiro a um cliente mas queria que este assinasse um documento em que declarava que iria estar calado acerca do assunto. Só que o rapaz foi esperto e comunicou este caso a uma revista dedicada ao software Livre a qual prontamente lhe deu o dinheiro em causa e publicou a notícia com as devidas cópias da resposta da Toshiba. Segundo eles, estavam a ser obrigados a proceder desta forma devido a pressões vindas de uma outra empresa... ;-)

Por hoje vou encerrar a tasca. Já "falei" de mais e tenho o trabalho atrasado.
Ah!, esqueci-me que tenho o trabalho atrasado devido a ter que andar para aqui a limpar vários computadores tendo mesmo que instalar tudo de novo em dois deles. Claro que devido a spyware e claro que são sistemas que operam com o XP. Também é claro que os dois que tiveram que ser limpos são os únicos que navegam na net através do IE e que foi através de um deles que esta praga se espalhou pelos outros...

@braço.

Anónimo disse...

Esta pergunta foi só para matar o tempo, não foi?
Ou não sabias o que havias de perguntar?


Sim pá ando aqui só a chatear a tua cabeça...
Estou a ver que não queres falar mesmo sobre a Apple. A paranóia que tu tens é unidimensional

http://itmanagement.earthweb.com/osrc/article.php/3778096

Vê especialmente o ponto 6

Mais uma vez. Esquece a Microsoft pá. Devias ver um psiquiatra. Ah e por favor sê sucinto. Não há paxorra.

jocaferro disse...

"Mais uma vez. Esquece a Microsoft pá. Devias ver um psiquiatra. Ah e por favor sê sucinto. Não há paxorra."

Isto por aqui não é a pedido dos comentadores!
Era só o que faltava!
Não, não esqueço a M$. Repito, não me esqueço da M$.

Quanto a ver um psiquiatra não é por acaso que até vejo um todos os dias. Também não é por acaso que não é um mas sim uma!

Quem se sai com uma coisa destas:
"Realmente ninguém te obriga mas se comprares um MacBook e não quiseres o OSX, como fazes?"

é o quê!?
Passa pela cabeça de alguém com o minímo de sanidade mental comprar um MacBook para não o utilizar com o OSX!?
Sacrilégio!

Mais uma vez torno a repetir. Só compra um Mac quem quer!
Eu é que não posso comprar qualquer marca das dezenas que existem no mercado sem levar com o Imposto M$ em cima!
isto é que o monopólio em todo o seu esplendor!

E já agora quem és tu para me vir falar de paranóias!?
Parece-me é que tu é que deves ter alguma paranóia para comigo ou no caso de não se tratar de uma paranóia provavelmente trata-se de obsessão.
Vai mas é ver se te deixas dessa tara de andar a querer mandar nos outros e de tentar que eles escrevam aquilo que tu queres, excepto, como é óbvio, que sejas uma reencarnação de Hitler. Esse é que tinha a tara de mandar queimar tudo aquilo de que não gostava e só aceitava quem escrevesse aquilo que ele queria e da forma como desejava.
É melhor falares com alguém, é.

"Estou a ver que não queres falar mesmo sobre a Apple."
Já falei da Apple aquilo que tinha a falar mas mesmo assim vou repetir até aprenderes:
- Ninguém é obrigado a comprar Apple!
Aliás, também já escrevi isto:
"PS: Reconheço perfeitamente que se a Apple estivesse no lugar da Microsoft faria exactamente a mesma coisa. Não tenho qualquer ilusão quanto a isso e eu também estaria aqui para criticar qualquer imposição de Steve Jobs."

Não quero falar da Apple!?
Para isto é que é preciso ter pachorra.

E mais uma vez estás a tentar mandar naquilo que eu escrevo!

Quanto a ser sucinto lá estás tu mais uma vez a mandares naquilo que eu quero fazer e naquilo que eu quero escrever.
Isto é realmente o teu método ditatorial a vir ao de cima. Não admira...

Mas terás que ter paciência. Eu não vou deixar de escrever aquilo que eu quero e muito menos serás tu alguém para me impedir de fazer o que eu quero!

Se não gostares tens um bom remédio. Vai dar uma curva ou anda lá para os lados onde te batam palmas e fiquem excitados com os comentários, e a merda de insultos, que para aqui andas a mandar.

A tua falta de argumentação e o recurso a jogo muito baixo, muito baixo mesmo, está a mostrar a tua real intenção ao vir até aqui comentar.
De facto, quando confrontado com factos e argumentos acerca da fiabilidade dos sistemas, da M$ não dizes nada nem me confrontas com outros factos que desmintam os meus passando apenas ao insulto barato e completamente despropositado.

Assim, se conseguires escrever pelo menos umas linhas em condições e que combatam argumentos contra argumentos, continuas a ser bem-vindo. Se por outro lado vens para aqui para apenas insultar as pessoas, podes ter a firme certeza que os teus comentários irão directamente parar ao lixo e não é a qualquer lixo já que aqui ao meu lado tenho um recipiente onde se pode ler:
- LIXO TÓXICO

É exactamente para ali que irão parar os teus comentários.
Tu mereces esta honra!
Não fiques triste que irás estar em boa companhia e poderás contar que ao lado dos comentários terás alguns CD's legais do Me2, aka espécie de SO a que alguém se lembrou de chamar Vista!
Obrigado pessoal do Windows 7:

Já agora, como és amigo dos links, por acaso já leste esta notícia:
http://www.theregister.co.uk/2008/10/17/windows_seven_no_vista/

É que apenas por acaso são os próprios desenvolvedores do Windows 7 a confirmar aquilo que toda a gente sabe.

Sucinto, quanto baste para o teu gosto?

-.- FIM -.-

cenas dos próximos episódios:
- Como quebrar qualquer sistema com o Me2 em poucos segundos!
(descontando como é óbvio a eternidade que demora a arrancar)
O especial realce vai para qualquer e não para os segundos...

João Sousa disse...

Considero o caso da Apple diferente por esta razão muito simples: trata-se de uma empresa que vende O SEU computador e O SEU sistema operativo.

Além disso, a Apple não impede o utilizador de instalar sistemas operativos concorrentes nos seus computadores. Até é ela própria a fornecer os controladores para tal.

Em compensação, a Microsoft pretende impedir os fabricantes de usar sistemas operativos concorrentes nos computadores DELES. Inclusivé, pretende impedir os fabricantes de fornecer informações técnicas aos criadores de sistemas operativos concorrentes.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
jocaferro disse...

Comentário directamente para o Lixo Tóxico!
Vou-te recordar mais uma vez:
- Argumenta, e não recorras ao insulto barato e foleiro.
Só assim terás os comentários aprovados.

Até ao momento o carimbo é óbvio - astroturfer

http://blog.softwarelivre.sapo.pt/astroturfers/

jocaferro disse...

Ah!, desculpa. Espero que tenha sido suficientemente sucinto para além de claro.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
jocaferro disse...

Mais um a ir para o lixo!
Mais manobras de diversão, vá lá que apenas com um insulto, e nem uma simples argumentação!

Sucinto que chegue?

jocaferro disse...

Ah! lê bem o significado de astroturfer.
Foste quem quem falou em ser pago pela M$, ok?

Sucinto e claro, que chegue?

PS: Cada vez sobes mais na escala.