sexta-feira, outubro 24, 2008

OS CHINESES ANDAM FULOS!

Os chineses andam fulos com a recente táctica da Microsoft em mostrar um fundo preto a todos aqueles que ainda teimam em piratear o software desta empresa.
É bem feito!
E por cá quando é que começa?
Estou mesmo a ver uma corrida do pessoal e empresas a fazer a respectiva contribuição para os cofres do monopólio, ou melhor a pagar o tão querido e invejável (*) Imposto M$!
Também é muito bem feito!

Ah!, não quer esses problemas do tal fundo preto!?
Tem muito por onde escolher:
1. - Paga e não bufa;
2. - Ubuntu e não paga;
3. - Fedora e não paga;
4. - openSuse e não sei se irá pagar. Espero bem que não;
5. - Mandriva e não paga;
6. - CentOS e não paga;
1020 - qualquer "BSD" e não paga;
1021 - Solaris e "afins" e não paga. (*)

Para além de não pagar ainda pode conhecer o inebriante sabor da liberdade!

Boa sorte para todos aqueles que vão pagar umas largas de centenas de € numa altura que é mesmo a ideal.

Tenho pena é que a M$ ainda irá baixar as calcinhas aos piratas e dar o dito por não dito.



ATENÇÃO: Apesar de concordar com o conceito das medidas anti-pirataria
que a Microsoft imaginou, tal não quer dizer que concorde com os
métodos que estão a ser empregues como por exemplo a M$ ser dona do meu
próprio computador. Esta prática se não é ilegal deve estar muito
próxima da ilegalidade e poderá levar a alguns processos em Tribunal
principalmente nos casos de falsos positivos. Pelo menos é o que eu
faria perante uma situação do Black Screen of Death, sabendo de antemão
que o meu software é legal.
Adianto ainda que acho inaceitável ter que ser eu a promover uma nova autenticação do produto quando tudo não passou de um erro!
Sou da opinião que a Microsoft deveria, em primeiro lugar, avaliar toda a situação e analisar porque é que em todo o mundo mais de 50% do seu software é pirateado e não andar por aí a mandar num computador que alguém comprou com muito esforço. Ou melhor, esta medida apenas demonstra tudo aquilo que a M$ fez, faz e fará com um software fechado e proprietário e não deverá ser novidade para nenhum utilizador certificar-se que "M$ is watching you".
Claro que o mundo livre encontra-se livre desta praga.


(*) - Peço imensa desculpa às milhares de distribuições que deixei cair pelo caminho mas todas elas tem o meu carinho e muitas tem/terão um espaço reservado neste cantinho do Programas Livres.

5 comentários:

Francisco Costa disse...

A MS prepara-se para começar a mostrar o seu lado negro, e o lado negro da MS está em cada computador com o Windows instalado. LOL...

ovigia disse...

amen brother!!!

agora mais a sério, quanto ao que a m$ irá fazer, o seu criador espiritual já definiu a estratégia:

A propósito desta piada contada pela Agência Financeira, o combate à pirataria por parte da micro$oft, relembro as palavras de Bill Gates à Fortune, relativamente à estratégia da micro$oft no que concerne à pirataria:

How Microsoft conquered China - July 23, 2007

“It’s easier for our software to compete with Linux when there’s piracy than when there’s not,” Gates says.

http://ovigia.wordpress.com/2008/08/30/a-proposito-da-nova-piada-da-microoft-sobre-combate-a-copia-pirata-bill-gates-dixit/

cumps,

rjnunes

sergio marques disse...

Caro jocaferro,
cá em Portugal já se encontram os tais BSOD. No meu local de trabalho já existe um pc com tal uau! e devo-te dizer que é bastante irritante, embora eu concorde com o último paragrafo do texto.

jocaferro disse...

@sergio marques:
Li por aí algures que as versões "chinesas" e "portuguesas" são as que estão em primeiro lugar.
A versão em língua inglesa sá mais para a frente, caso tal se venha a verificar.

@rjnunes:
Tenho seguido o teu blog com atenção. A frase de Bill Gates já não é nova e tem sido muito usada no "Boycott Novell"...

@francisco costa:
É isso aí!
Dark side em todo o seu esplendor!

@braços.

osiris disse...

opensuse e não paga e além de não pagar está a contribuir para que o ubuntu seja feito, visto que quem paga o ordenado do miguel de icaza é a novell, tal como paga a pessoal do kde.

enquanto isso a canonical limita-se a usar o que os outos fazem sem contribuir para a comunidade. vão lá ver as contribuições do ubuntu para o código do kernel ou de outro software que não o feito mesmo por eles.