sábado, maio 10, 2008

COMO ERA DE ESPERAR

A M$ não poderia ficar de braços cruzados face à iminente invasão de "pequenos" laptops, tais como o ASUS eeePC e o OLPC, equipados com software livre e vai daí quase começa a oferecer o Windows XP. Assim, os fabricantes que aderirem a um acordo, que a M$ esparava ficasse secreto, poderão obter o XP a $16 para os países de economias emergentes tal como a China e Índia e $22 para os países desenvolvidos mas sem este acordo os preços serão $26 e $32 respectivamente.

E afinal o que é este acordo?
Trata-se de um acordo "secreto" para obrigar os fabricantes a equipar estas máquinas até um determinado limite de hardware tal como processador 1 GHz, disco de 80 GB, monitor de 10,2" e memória de 1GB no máximo.
E tudo isto para quê?
Para evitar que estas "pequenas" máquinas não colidam com o mercado dos irmãos mais evoluídos (apenas) no hardware onde a M$ quer impingir aquela espécie de SO.

Mais uma daquelas manobras que a M$ já nos habituou de forma a mostrar a verdadeira face do monopólio sem respeito por ninguém e muito menos dos seus fiéis seguidores.
Só que neste mundo é difícil algo secreto e o assunto já anda por .
A M$ está a ficar cada vez pior e agora até parece dar ares de quem anda tão desesperado que me faz lembrar aquilo que dizem por aí acerca do naufrago e a palha.
Também poderá dar mais algumas munições para a UE.

2 comentários:

brunomiguel disse...

Lá diz o ditado: Se não podes vencê-los, junta-te a eles e destrói-os por dentro.

brunomiguel disse...

Não é por nada, mas eu tenho cá para mim que o tiro ainda lhes vai sair pela culatra.